O seu portal de amor e relacionamentos.

Amor incondicional, sabe o que é?

10 Comentários

Amar incondicionalmente advém de um sentimento bastante forte, que só é possível quando há total entrega de ambas as partes da relação. Segundo a etimologia da palavra, incondicional significa que não está dependente de condições, que é obtido sem qualquer questão que possa interferir, que não tem restrições. Contudo todos sabemos que há questões que restringem todas as relações. Saberemos então como definir o conceito de amor incondicional?

Neste artigo do Sentimento Calmo pretendemos questionar a intensidade do amor e procurar respostas para a questão do amor incondicional – Será possível amar incondicionalmente?

amor incondicional

A questão do amor incondicional não passa pelas circunstâncias em que o casal vive nem por entraves que possam surgir, passa sim pela entrega, pelo respeito e o rumo que ambos os elementos do casal consigam levar o relacionamento. Para tal é preciso manter uma relação saudável e sobretudo viver em paz e perfeita harmonia na relação, o que por vezes não é fácil – ou por causa da crise, ou ciúmes ou outros factores que desgastam o amor, factores estes que são totalmente reversíveis quando há de facto vontade de ultrapassar os problemas e fazer com que o amor triunfe perante os momentos menos positivos e inevitáveis de enfrentar.

Amar incondicionalmente não é difícil, não é um bicho-de-sete-cabeças com o qual temos de travar uma dura batalha até chegar ao prémio final. Também não é perfeito e nem tem que o ser. Incondicional não significa perfeição e muito menos felicidade constante – pois o amor incondicional deve verificar-se até nos maus momentos a dois.

Algumas das questões que podem surgir quando tentamos definir amor incondicional são:

Amor incondicional pressupõe obsessão? – Não. O amor incondicional não é sinónimo de obsessão. Quando o amor se torna obsessão acaba por entrar em conflito com o conceito de amor incondicional pois foge ao respeito e à compreensão dentro do seio do casal. Para amar melhor é necessário dar espaço, ter alguma individualidade e saber conjuga-la com a relação a dois. A obsessão é baseada num controlo extremo e sistematizado. Amar incondicionalmente está bem longe da obsessão e do controlo – tem de haver espaço e compreensão a todos os níveis, o que pressupõe diálogo sobre todos os assuntos.

O amor pode sim ser um vício, um vício do amor saudável e que pode ser aproveitado da melhor maneira, desde o convívio em harmonia a uma relação sexual completa.


Amar incondicionalmente faz com que seja sempre feliz? – Também não, todos sabemos que não é possível viver todos os momentos em plena felicidade e que por mais que tentemos evitar há sempre momentos menos felizes nas nossas vidas. O amor incondicional pode ser uma bênção quando estamos perante esses momentos das nossas vidas pois temos sempre um ponto de abrigo, alguém que estará para nos apoiar e ajudar quando o pessimismo humano vence e os maus momentos acontecem. Ter o amor da nossa vida sempre a nosso lado pode ser a chave para o sucesso, tanto na relação como na vida.

O que é afinal o amor incondicional e como posso faze-lo acontecer? – O amor incondicional acontece quando há a capacidade de explorar o melhor do amor – Desde um simples beijo e abraço até à superação dos problemas a dois, todos os momentos entre casal devem ser aproveitados para o conhecimento mutuo e para o entendimento a todos os níveis. Não há uma fórmula secreta para amar incondicionalmente, não acontece propositadamente mas sim quando há um enorme desejo de entrega, de ser e fazer a outra pessoa feliz. Acima de qualquer outra coisa, que o interesse seja os dois, a todos os níveis, conseguir superar qualquer tristeza a dois e aproveita-lo para fortalecer a relação, é desejar mais e melhor individualmente e coletivamente.

O amor incondicional é sempre guiado pela motivação de um amor melhor, de ver a outra pessoa ser feliz e conseguir ser feliz com a felicidade do outro, querer aproveitar todos os aspetos da relação – desde uma boa relação sexual a uma conversa onde possamos conhecer aspetos que desconhecíamos acerca de quem amamos. Uma entrega de corpo e alma que não é difícil, quando motivada pelo desejo e a ânsia de ser feliz a dois.

Amar incondicionalmente só depende de si e da relação que pretende construir, existem vários tipos de amor que são regidos com bases e intenções diferentes. É também preciso alguma maturidade para haver de facto um amor incondicional, pois depende de alguns factores como o respeito e a entrega total, que quando estão em falta são praticamente impossíveis de acontecer.

Se pensa amar incondicionalmente diga-o, faça com que o seu parceiro conheça esse amor, explique-lhe que o que sente passa por qualquer problema e supera qualquer aspecto negativo e que pretende ser melhor. Qualquer pessoa gosta de alguém que dá o seu todo na relação. Aproveite os melhores mandamentos do amor e seja feliz na sua relação.

Artigo escrito por Patrícia Gargaté, estudante na área de jornalismo, colaboradora do Sentimento Calmo.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on RedditShare on Tumblr

Artigos Relacionados:

Deixar um Comentário

10 Comments em "Amor incondicional, sabe o que é?"


Convidado
Brenda Carvalho
1 mês 25 days atrás

O amor incondicional está quase em extinção. A maioria das pessoas dizem que amam, mas na verdade mentem e se autoenganam, porque a maioria é egoísta e individualista, apenas quer que a pessoa satisfaça seus desejos e interesses pessoais. A definição de amor incondicional é amar um ser sem exigir algo em troca, sem exigir até mesmo reciprocidade, não haver cobrança, no amor ( obs: amor autêntico, amor de verdade) apenas se quer o bem estar e felicidade de outrem. Amor é zelo, é cuidado, amor é compaixão, perdão, benevolência, bondade. O amor é bom, não quer o mal, não sente inveja ou se envairece! Por isso que o nome é dado amor incondicional, porque é um amor que não impõe condições e nem limites para amar. O amor é um dos sentimentos mais puros e nobres que existem! Existem pessoas que confundem o amor com cobranças, egoísmos, no amor verdadeiro não se exige nada em troca! Se alguém diz que ama, mas impõe regras e limites e até exige troca de favores e reciprocidade, realmente a pessoa não pode dizer que sente amor pela outra e sim um sentimento oportunista! O amor não é egoísta e nem possessivo, o amor é incondicional, é sem limites, o amor é livre!

1 mês 25 days atrás

Também concordo que já esteve mais fácil de encontrar. Mudam-se os tempos, com eles mudam-se mentalidades e muitas vezes também o foco.
Obrigado pela sua participação Brenda :)

Convidado
Pedro Rodrigues Pinto
2 years 7 months atrás

dá que pensar…

Convidado
Maria Duarte
2 years 9 months atrás

Conheço bem esse tipo de amor que descrevem. Incondicional, abnegado, capaz de entender a outra pessoa e as suas motivações, quando ninguém mais o conseguiria, a menos que tivesse passado pelo mesmo, respeitando o espaço do outro e os seus limites/limitações.
Contudo, normalmente, quem ama assim nem sempre é amado da mesma forma, nem na mesma medida… Porquê? Porque é um tipo de amor extremamente difícil de sentir. Raramente acontece e dificilmente há a sorte de acontecer a ambas as pessoas envolvidas no relacionamento… Mas isso não significa que não sejamos correspondidos. Significa apenas que a outra pessoa não é uma das raras que tem a capacidade de amar incondicionalmente, mas não quer dizer que não nos ame, à sua maneira.

Convidado
Alan Ribeiro
3 years 1 mês atrás

Olá, Citei esta postagem no meu blog como referencia sobre um assunto que eu estava falando. Se quiser pode da uma olhadinha lá http://www.sobrerelacionamento.com/2012/03/liga-torta-da-paixao.html
Um abraço!

Convidado
Carlos Faustino
3 years 1 mês atrás

Parabens á Patricia e ao "Sentimento calmo" por um dos melhores artigos até hoje publicados nesta página. O amor incondicional pressupõe a falta de egoismo, enquanto a sociedade hoje em dia promove o contrário.Existe uma palavra na antiguidade grega que define esse amor puro e incondicional, Agape. Para alem desse ainda existe o Fileos, quando se espera algo em troca , e por fim o Eros que define um amor mais sensual e baseado na parte fisica. Adorei o tema, obrigado!

Convidado
Patrícia Gargaté
3 years 1 mês atrás

Muito obrigada Carlos, fico contente que tenha gostado do artigo mas acima de tudo que o tenha compreendido e concordado. Escrevo não só pelo que vivo porque ninguém é padrão mas também pelo que observo. Quando pensei em escrever em amor incondicional tive medo de ser mal interpretada e que pensassem que o artigo pretende falar sobre um amor chato e persistente. Só vejo o amor incondicional como o amor no seu estado mais puro, sem aquelas "manias" que as pessoas teimam em viver. Há coisas que são para ser bem vividas e o amor é uma delas, ou pelo menos aproveitar o seu melhor, sempre.

Convidado
Sentimento Calmo
3 years 1 mês atrás

Olá Carlos, fico contente que tenha gostado do nosso artigo, nomeadamente do artigo da Patrícia. O amor incondicional é o verdadeiro amor no sentido verdadeiro da palavra que muita gente não conhece e que convicto e com pés juntos jura defender. Procuraremos trazer sempre que possível novos temas interessantes para debater no nosso site.