6 dicas para criar uma boa relação

É o que todos desejamos, criar uma boa relação, independentemente que seja uma relação de amor ou amizade. Todos queremos ter uma boa relação e não algo vazio, superficial ou com lacunas. Nem todas as pessoas têm a mesma capacidade para conseguirem dar-se bem com as outras pessoas ou até a coragem para conseguir desenvolver mais as conversas e ganhar uma maior intimidade. Digamos que é algo que pode ser obtido com o tempo e experimentando. Todas as pessoas são diferentes, como tal os resultados irão ser também diferentes. É complicado conhecer pessoas, usando sempre a mesma abordagem, porque o que funciona com uma, certamente não irá funcionar com outra.

Quando se trata de uma relação amorosa, as coisas podem ser ainda mais complicadas. Para além de ter de aprender a relacionar-se com a outra pessoa, ao longo dos seus dias, terá também de saber como agir perante ela para conseguir ter uma relação saudável e criar uma boa relação. Os casais, hoje em dia, tendem a falhar muito nesta parte. Têm falta de paciência, discutem por tudo e por nada, têm ciúmes, muitas vezes não se respeitam, já para não falar de coisas mais graves.

Por vezes pensamos em coisas complexas ou tentamos curar a falta de carinho na relação com prendas ou qualquer outra coisa que o dinheiro compra. Acabamos por nos esquecer que, por vezes, são os gestos simples que fazem toda a diferença. Podem visitar a nossa categoria de ideias românticas e lá irão encontrar dicas fantásticas, super simples, que poderão reacender a chama de uma relação! Talvez por essa razão, seja das categorias mais vistas deste site! Mas bom, vamos então partir para as nossas dicas que o(a) ajudarão a criar uma boa relação, mais saudável e também com que tire mais proveito da mesma.

criar uma boa relação

A relação deve ser a dois e não cada um por si – Não se trata de nenhuma corrida, onde um tem de chegar primeiro que o outro, ou fazer mais que o outro. Não é um concurso sequer! É uma relação, partilhada por duas pessoas e como tal, também deve ser suportada pelas duas. Não pode ser sempre uma pessoa a fazer tudo e a outra a “folgar”, como também não se pode esperar todo o carinho de uma pessoa, enquanto que a outra não o dá.

A palavra chave nesta situação e para que a relação seja saudável, deverá ser equilíbrio. Imaginem que a vossa relação é como uma balança, com duas partes. Se uma das partes for mais pesada que a outra, será sempre impossível atingir o equilíbrio. Não existe mal nenhum em existir um líder, de vez em quando, mas não quer dizer que afete o comportamento da outra pessoa. Se lutarem ambos para atingirem o mesmo objetivo, para além de demorar menos tempo, terão algo para partilhar juntos no final.

Seja aberto, saiba ouvir, ver e interagir – Já aqui falámos da importância da comunicação numa relação e se ainda não leram é extremamente recomendável que o façam. Mesmo assim posso fazer-vos um resumo bem simples. Sem uma boa comunicação é impossível existir uma boa relação, simples assim. A comunicação deve servir para a troca de ideias, para as discussões saudáveis e para que dia após dia, se possam conhecer ainda mais.

Não se trata apenas da comunicação. Para saber comunicar é necessário que primeiro saiba ouvir o outro. Se for sempre você a falar, se interromper as outras pessoas enquanto falam, ficará mais visto e por certo não será a pessoa com quem os outros gostam de falar. Para saber o que dizer, primeiro é preciso saber ouvir e só assim se poderá transformar num bom comunicador. Juntando a isso é importante também que saiba ver as coisas. Por vezes as coisas não são ditas, podem ser vistas nas atitudes, nos gestos, nos sorrisos ou ausência deles e é nisso que não poderá falhar, porque poderá fazer toda a diferença. Conheça mais sobre a linguagem corporal.

Lembre-se que relação não é prisão – O facto de amar uma pessoa e ser correspondido, não quer dizer que você tenha controlo ou comande essa pessoa. É necessário perceber onde acaba a sua liberdade e começa a liberdade da outra pessoa. É necessário que perceba quando o amor se torna obsessão e quando isso se torna prejudicial para a sua relação, mas também, para a sua saúde.

Os ciúmes são normais, mas não devem ultrapassar os limites. Controlar tudo o que a pessoa faz. Não a deixar sair com os amigos. Ficar perguntando a toda a hora o que a outra pessoa está a fazer ou fez durante o dia, são sinais de que não existe muita confiança na relação e isso não é benéfico. Para além disso, a outra pessoa irá sentir-se “atada” à relação e sentir que não tem oportunidade para fazer certas coisas (normais) que poderia fazer antes dela.

Preocupe-se igualmente consigo – Para conseguir dar o melhor à outra pessoa, primeiro tem de pensar em dar o melhor a si próprio(a). Deve pensar na sua aparência, arranjar-se, cuidar de si, tratar do seu corpo, etc. Tem de fazer as coisas necessárias para melhorar a sua auto-estima e a sua confiança, porque isso, irá refletir-se na sua relação e na forma como se relaciona com as outras pessoas.

Invista também nas coisas que o(a) fazem feliz. Se você se sentir feliz e investir nos hobbies e atividades que gosta, será mais fácil fazer a outra pessoa feliz. Ela irá sentir a sua energia e também ficará mais disponível para o ajudar. Nunca nos podemos esquecer que uma relação é feita por duas pessoas, mas também é importante perceber e lembrar, que cada uma dela tem uma vida.

Nunca descarte o romantismo – Qualquer pessoa gosta de ser bem tratada e tratar bem uma pessoa numa relação, implica romantismo! Nos dias de hoje, parece estar bem esquecido, não devia, mas parece. O romantismo é o afrodisíaco que poderá estar em falta na sua relação e que irá fazer toda a diferença. Um verdadeiro homem ou mulher romântica, tem capacidade para derreter qualquer coração e como tal, não terá dificuldades em por a chama da relação a arder. Para além disso não será apenas a chama da relação que estará em chamas…

Não deixe os problemas para depois – Nunca deixem os problemas ou as discussões para o dia seguinte, só irá dificultar as coisas. Se deixar os problemas para depois, vão tornar-se cada vez mais complicados. Saiba discutir as coisas no momento, com serenidade. Falar alto de mais ou partir para o ataque, só irá machucar a outra pessoa. Aprenda a discutir, falando mais baixo, para obrigar o outro também a descer o tom de voz e lembre-se, nunca deixe para o dia seguinte, irá tornar-se pior.

Como podem ver não existe magia no que toca a criar uma boa relação, apenas bom senso e um pouco de olho para agarrar as oportunidades. Mantenham o olho aberto e depressa irão perceber o que a outra pessoa necessita.

Que costuma fazer para criar uma boa relação?

guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

1 Comentário
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Anónimo
Anónimo
5 anos atrás

Eu gosto do meu homem mais Ela não mem gosta agora fasso oque?