Como não cometer os mesmos erros no amor

O passado pode destruir muitas relações se não tivermos controlo sobre o nosso pensamento e se não formos capaz de estabelecer prioridades na nossa vida. Todos nós cometemos erros, faz parte da beleza de sermos humanos. Como cada um lida com os erros é a chave da vida e poderá fazer muito diferença nas suas relações. Todos nós já tivemos relações que funcionaram e outras que pura e simplesmente não. Mas o que será que causou que umas funcionassem e outras não? Já parou um bocado para pensar nisso? A reflexão e o parar para pensar poderá trazer-lhe grandes respostas! Tire um tempo para o fazer e consiga não cometer os mesmos erros no amor.

A grande questão que você necessita responder depois do final de uma relação é “o que causou esta separação?”. Para conseguir responder a esta pergunta terá de tirar um tempo para reflexão e para “pesar tudo na balança”. Só assim poderá aprender com os seus erros e evitar que estes se repitam no presente.

não cometer os mesmos erros no amor

O que conduz a uma crise

Existem vários fatores que podem conduzir ao fim de um relacionamento. Por vezes não damos importância aos sinais mas são eles que nos dizem tudo sobre a saúde da nossa relação. Estes são alguns desses fatores:

Desgaste pelo convívio – As coisas mudam com o tempo. No início da relação tudo parece novo. Existe uma paixão que parece infinita e acreditamos que o “deslumbramento” nunca irá passar. Mais tarde ou mais cedo passa e é aí que provamos se realmente amamos a outra pessoa ou não. Com o tempo é natural que nalgumas relações existe um “desgaste” porque as pessoas mudam ou porque pura e simplesmente já não convivem da mesma forma. Este desgaste poderá conduzir a um afastamento que posteriormente irá trazer problemas mais graves e conduzirá a uma separação.

Promessas não cumpridas – Como disse anteriormente as pessoas mudam e mudam também os seus objetivos ou desejos. Inicialmente a pessoa que ama poderia ter um projeto de vida fantástico, uma força imensa para atingir esse objetivo, mas a vida dá voltas e atualmente isso pode ser apenas uma miragem. Por vezes as pessoas desistem de certos projetos, de certos sonhos e por alguma razão deixam de lutar ou entram em apatia. Uma situação dessas pode deixar a outra pessoa triste por ver o parceiro nessa situação, pode deixar de acreditar na relação e poderá conduzir ao fim da mesma.

Traições – Esta é óbvia e poderá estar relacionada com as anteriores. Quando a vida em comum começa a sofrer desgaste é necessário que o casal se saiba reinventar para dar a volta à situação. Nem todos os casais o conseguem fazer ou estão dispostos a fazer esse esforço. O problema quando o esforço não é feito é que a relação se mantém com o mesmo problema e muitas pessoas acabam por procurar soluções externas que conduzem a problemas graves na relação.

A família no meio – A nossa família e de quem amamos poderá ajudar ou dificultar bastante a relação. Basta que a sua mãe não se dê bem com a sua namorada ou não aceite a relação para que comecem os problemas. Como se reage perante uma situação assim? O que é o melhor a fazer? Como conduzir as coisas a longo prazo? Podem aparecer vários problemas relacionados com esta situação.

Quando o trabalho se intromete – Quando um dos membros do casal se “afoga” tão profundamente no trabalho que esquece o parceiro ou lhe dá muita pouca atenção, dá assas a problemas. Existem também profissões que exigem horários bastante complicados e compromissos extra trabalho. Quanto menos tempo tiver para a família mais problemas acabará por ter. Claro que existe quem lide com esta situação de forma branda mas geralmente deverá ter problemas.

Como não cometer os mesmos erros no amor

Se não conseguir deixar o passado onde ele deve estar e superar os seus erros anteriores nunca conseguirá atingir uma relação saudável. Estará sempre com o pensamento “ai o amor não é para mim, os homens são todos iguais”. Para controlar as suas emoções e para garantir que não comete os mesmos erros do passado fizemos a seguinte lista:

Esquecer e seguir em frente – Só conseguirá viver bem no presente se o seu passado estiver bem resolvido. Os erros do passado já passaram e deles só poderá retirar ensinamentos. Caso viva sempre a martirizar-se com o que fez de errado no passado nunca conseguirá aproveitar em pleno o seu presente.

Estar bem consigo – Confie em si. Acredite em si. Parecem ser clichés mas é a pura realidade. Você irá melhor bastante a sua vida e a sua forma de pensar se for capaz de acreditar em si. Se você não acreditar nas suas capacidades e que é capaz de fazer as coisas, então muito provavelmente acabará por não as fazer. Acreditar é essencial… As suas capacidades farão o resto.

Melhorar a sua capacidade de comunicação – Saber falar e saber ouvir é essencial para qualquer relação! A comunicação é super importante e poderá fazer toda a diferença. Mas não basta saber falar é também muito importante saber ouvir a outra.

Toda esta lista é essencial caso queira garantir que não comete os mesmos erros que cometeu no passado. Para viver bem é necessário que seja capaz de esquecer o passado e começar a viver a sua vida no presente.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

avatar
wpDiscuz