Como saber se a relação está a morrer

Todo o mundo que se encontra bastante apaixonado tem medo que a sua relação possa acabar de um momento para o outro. Na maioria dos casos uma relação não acaba, pura e simplesmente, de um momento para o outro, a relação na verdade passa por várias fases antes de acabar. As pessoas, por vezes, não se encontram atentas o suficiente para perceberem. Tendo em conta que uma relação não acaba de um momento para o outro, sem que exista no fundo uma razão para isso, é possível perceber através de alguns sinais, se a relação está a morrer.

Perceba antes do tempo se está a aproximar-se o fim do seu relacionamento! Comece a ficar atenta a pequenas coisas, mas não faça também uma tempestade de água quando não existem razões para tal. Muitas relações acabam também, porque a outra pessoa começa a criar “macaquinhos” na sua cabeça. Preocupe-se apenas se tiver razões para tal, caso contrário continue a aproveitar a sua relação ao máximo e a lutar ao máximo para que esta seja uma relação saudável.

saber se a relação está a morrer

Faça um balanço da sua relação

As pessoas na sua maioria tendem a compensar as coisas más da relação com as coisas boas. Isso para mim não é nada mais do que tentar “tapar buracos” que possam estar abertos na relação. Uma coisa não deve compensar a outra, aliás a relação deve ser o mais balanceada possível, aliás minto, seria melhor se quase tudo na relação fosse positivo, não digo tudo porque existem também discussões saudáveis. Tente perceber o que existe de melhor na sua relação, assim como quais são as coisas piores e como podem ser melhoradas. Se na sua relação as coisas más forem superiores às boas, então poderá ser um indício de que algo está mal e que a sua relação poderá ter os dias contados.

O aumento das discussões

Se as discussões aumentaram nos últimos tempos é porque algo não está bem na sua relação. Não é normal isso acontecer de um momento para o outro. Quando existem discussões num casal e nenhum dos dois procura resolver as coisas o mais depressa possível é porque muito provavelmente já não existe interesse que as coisas se resolvam. Podemos estar também perante um caso de excesso de orgulho, que pode ser uma relação bastante estúpida de perder a sua relação. Se pensa que consegue ter uma relação saudável, sem “engolir alguns sapos”, então provavelmente está bastante enganado e essa é apenas uma das coisas que pensa saber sobre o amor.

O aumento da agressividade

O seu parceiro é agressivo por natureza ou começou nos últimos tempos a mostrar sinais de agressividade, seja ela física ou emocional? A agressividade não deve nunca ser tolerada. Não existem razões para alguém bater ou maltratar verbalmente outra pessoa, sobretudo quando se ama. No nosso consultório sentimental, recebemos várias vezes casos em que nos dizem algo como “o meu marido bate-me frequentemente, mas ainda gosto dele, o que faço?”. Vou dizer esta mensagem aqui para que todos percebam de uma vez por todas, “não existe qualquer amor numa relação assim, nem pode existir” e mais não digo sobre isso.

O aumento do desinteresse

Esta é quase óbvia, se a pessoa se afasta, se procura constantemente estar sozinha, então provavelmente poderá estar a perder interesse em si. Claro que isto não é matemático, nem totalmente certo, uma pessoa pode pura e simplesmente querer estar um pouco sozinha e nós aliás, até defendemos que isso pode ser saudável para a sua relação. Todos nós precisamos de estar sozinhos de vez em quando ou de passar tempo apenas com os nossos amigos ou familiares, sem a companhia da pessoa que amamos. O aumento do desinteresse, por vezes, por ser tão evidente é fácil de perceber e como tal poderá ser uma forma de mostrar que a sua relação está a morrer.

O interesse por outras pessoas

Quando alguém começa a perder o interesse pela relação e pelo parceiro, tendem a procurar alguém fora da relação. Se você nota que a pessoa que ama, passa muito tempo a falar de outra pessoa ou que começou a sair mais vezes sozinho ou tenta passar mais tempo com uma certa pessoa, poderá ser sinal de que existe ali algum interesse por essa pessoa. Embora possa ser apenas uma relação inocente, pode ao mesmo tempo ser o começar de alguma coisa. Se isso estiver a acontecer na sua relação, poderá ser sinal de que esta possa estar a ser ameaçada por alguém externo.

Falta de afetos

Quando a pessoa começar a evitá-la, a querer cada vez menos ter relações e a mostrar cada vez menos afetos, então poderá ser um sinal bastante alarmante. Todas as relações perdem um pouco da sua chama com o tempo, o que não quer dizer que a percam toda. Se o seu parceiro a evitar, procurar cada vez menos o contacto físico, arranjar desculpas para estar sozinho e tentar ao máximo possível estar longe de si, então comece a pensar duas vezes no futuro da sua relação.

Comportamentos estranhos

Saídas estranhas. Ficar até mais tarde no trabalho. Começar a olhar para outras mulheres ou rapazes, fazer trocas de olhares e tentar meter conversa com outras pessoas. Tudo isto poderão ser comportamentos estranhos e sinal de que a sua relação poderá estar a chegar ao fim. Fique atenta a mudanças de comportamento, que poderão na ser normais na sua relação.

Se quer saber se a relação está a morrer, o melhor que tem a fazer é falar com o seu parceiro ou parceira. Não esqueça a importância da comunicação numa relação! Nada melhor para se resolver os possíveis problemas de uma relação do que a comunicar. Não se esqueçam que é melhor prevenir do que remediar!

2
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Eusébio CustódioDani Recent comment authors

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

newest oldest most voted
Dani
Visitante
Dani

Melhor site .. Q já vi em minha vida me ajudou muito obg msm