Micromachismos: Saiba como podem afetar a sua relação

Apesar de vivermos numa sociedade cada vez mais influenciada e identificada pelos valores feministas infelizmente ainda vivemos diariamente situações machistas que colocam a mulher numa posição mais desfavorecida. O mais impressionante é que boa parte dessas atitudes são da responsabilidade de mulheres.

Os micromachismos são atitudes que aparentemente são “inofensivas” mas que acabam de forma menos direta por diminuir ou desvalorizar o papel da mulher. O termo micromachismo não é recente, já tendo sido usado por Luís Bonino em 2004, que definia este como um “comportamento quotidiano e subtil, que na verdade constitui uma estratégia de controle que ameaça a autonomia pessoal de uma ou mais mulheres”. Conheça no artigo de hoje alguns micromachismos e a forma como eles vão afetar a sua relação, com base na ideologia de Luís Bonino.

Tipos de micromachismo e como eles afetam a sua relação

Começamos por referir que estes micromachismos podem vir tanto de homens como de mulheres e infelizmente ainda estão altamente implementados na nossa sociedade, fruto de costumes e tradições. Alguns de nós podemos vir a ser influenciados por estes micromachismos sem intenção, contudo devem ser um sinal de alerta e um motivo de reflexão.

1 – Micromachismos disfarçados

Neste caso o micromachismo implica um abuso de confiança para ocultar um objetivo: confundir a mulher e fazer com que ela se sinta culpada por algo que não fez ou fazer com que se sinta com baixa auto-estima para depender da aprovação e conforto do homem. Outro comportamento semelhante é o que faz com que uma mulher sinta que tenha que se justificar, mesmo sabendo que não há motivos para tal.

2 – Micromachismos utilitários

É um dos mais comuns onde quase todas as mulheres já ouviram pelo menos uma vez na vida. A base é a reivindicação de uma suposta capacidade que as mulheres têm de servir ou cuidar, rementendo-as para tarefas domésticas, cuidar a casa ou de crianças. Pode não parecer óbvio mas quem nunca ouviu o típico “a mulher tem mais jeito para cuidar da roupa” ou “a mulher sabe melhor trocar fraldas”. Geralmente estas atitude vêm acompanhadas de uma troca, o típico “o homem cuida do carro, a mulher da cozinha”.

3 – Micromachismos de crises

Este terceiro exemplo refere-se a situações em que as mulheres o seu poder na relação, onde o homem tenta ser mais controlador demonstrando-o através de atitudes hostis, distanciamento emocional ou vitimização. Vai ao encontro do machismo disfarçado, onde é utilizada a culpa da mulher para enaltecer o sentimento do homem.

4 – Micromachismos coercivos

Por último este comportamento é notado quando o homem usa seu poder, seja ele físico, financeiro ou pessoal para fazer com que as mulheres aceitem e sigam a sua linha de raciocínio. Esta situação acaba por fazer com que a mulher se sinta fracassada, desta forma acaba por seguir a linha de pensamento e “evitar problemas”.

Neste tipo de micromachismo podem acontecer situações em que o homem controla o dinheiro, sabota a comunicação, abusa do espaço e do tempo, sempre de forma a afetar a autonomia da mulher e de a tornar dependente.

De que forma os micromachismos podem afetar a minha relação?

Após a explicação de cada um dos tipos de micromachismos é quase óbvio que alguém que tente manipular o outro irá causar sentimentos negativos e de rejeição. Em algum momento uma mulher deve sentir-se controlada ou influenciada negativamente pela opinião de ninguém, seja homem ou não. De referir novamente que os micromachismos são praticados tanto por mulheres como por homens. A base de um relacionamento deve ser o respeito e o amor, quando algum interesse pessoal tenta ultrapassar a liberdade e o respeito do outro pode sem dúvida comprometer o futuro de uma relação. Esteja atenta a estes sinais e converse a esse respeito com o seu parceiro. Perceba as suas intenções e seja forte, unidos conseguiremos acabar com os micro e com todos os machismos existentes!

guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments