Quando devo desistir de um relacionamento à distância?

Vocês devem estar a questionar-se e até a achar estranho de vos falar em desistir de um relacionamento à distância, sendo que aqui tentamos que aconteça exatamente o contrário. É verdade… Mas existem verdades que têm de ser ditas por quem está de fora delas e por quem vê as coisas como é. Sou uma pessoa que já vivi este problema na pele e como tal e agora fora dele, sei perfeitamente ver o que errou e sobretudo o que nunca daria certo. Se não quer sair magoada(o) do seu relacionamento à distância ou magoar a outra pessoa, fique a saber a partir de hoje o momento certo para desistir.

desistir de um relacionamento à distância

Porque razão deverá fugir deste tipo de relacionamento

As pessoas se prendem muito por detrás de um computador dizendo que amam outra pessoa, mas depois com o tempo percebem que apenas amam a imagem que criaram delas, porque na maior parte dos casos nunca viram a outra pessoa na realidade, apenas a imaginam. Namorar alguém e não saber quando a poderá ver na realidade é um sentimento que causa muita ansiedade e custa ainda mais depois de se verem pela primeira vez. Numa relação à distância é necessária muita confiança também ou caso contrário é apenas uma amizade colorida em que cada um faz o que quer.

Viver sempre afastado da pessoa que se ama não é um amor, é uma verdadeira utopia. Ninguém consegue viver um amor desses para sempre. Você apaixona-se pela companhia, pelas palavras, por um mundo sem problemas mas esquece-se que numa relação em que ambos estão presentes ao vivo existem sempre problemas que têm de ser resolvidas e coisas menos boas. Você só está vivendo a parte boa, em que cada um vive o seu mundo e depois tem outro em conjunto e isso não é bom para qualquer relação.

Deverá fugir deste tipo de relacionamento porque na minha opinião não é algo que seja saudável. Não é saudável estarmos afastados da pessoa que amamos. Não é saudável amarmos alguém que não conhecemos e de quem temos apenas uma imagem (90% dos casos errada). Pura e simplesmente é pouco saudável alimentar um “sentimento” que muito dificilmente se tornará num relacionamento.

Quando devo desistir de um relacionamento à distância?

Ora aqui estão grande parte das situações que eu considero serem alarmantes e motivo para você desistir de um relacionamento à distância:

Quando não se conhecem na realidade – Não acredito que uma pessoa possa amar outra que não conhece. Em tempos já acreditei, mas tal como disse anteriormente é viver uma utopia. Você gosta das palavras no computador. Gosta da companhia que está lá a maior parte do seu tempo. Gosta de saber mais sobre a outra pessoa e partilhar coisas, mas isso não significa que a ame e se realmente a ama fique sabendo que está a amar uma imagem, um vídeo ou uma conversa no skype.

Se vocês não se conhecem na realidade, se nunca estiveram juntos e se não existe uma data ou possibilidade de estarem juntos num futuro próximo, então é provável que esteja a alimentar um relacionamento que não vai a lado nenhum.

 

Quando não existe confiança – Se não confia na outra pessoa então dificilmente poderá viver um relacionamento à distância. Você acredita quando a outra pessoa diz que foi jogar à bola com os amigos? Não estará ele antes com umas amigas? Você acredita quando ele inventa uma desculpa para falhar a vossa conversa diária?

O relacionamento à distância é um verdadeiro jogo de confiança e se não existir essa confiança aliada a um grande respeito um pelo outro, então salte fora do barco. 

 

Quando a outra pessoa não quiser dar o próximo passo – Para que o relacionamento funcione é necessário que ambos queiram a mesma coisa. Se você fizer os possíveis e os impossíveis para se encontrar com a outra pessoa e fazer o relacionamento funcionar e o outro pura e simplesmente não se importar com nada e apenas querer aproveitar o momento, então perceba que está a lutar sozinha.

A situação já é complicada por si só e requer que ambas as partes do relacionamento se juntem para tornar o mesmo possível. Se ambos caminham em direções erradas 

 

Quando duvidar se é amor o que sente – Você não deseja nem enganar-se a si nem à outra pessoa. Nos dias que correm é muito fácil confundir paixão com amor. Uma paixoneta qualquer pessoa tem mas um amor verdadeiro esse sim é difícil de encontrar. Se não sabe o que sente não se entregue por completo, não sofra com algo que não sente nem iluda a outra pessoa.

Quando você tiver pura noção que nunca irá funcionar – Existem situações em que você percebe que a relação vai ser sempre utópica. Imagine que você tem 15 ou 16 anos, não tem carta e a pessoa que você gosta vive a mais de 1000 quilómetro de si. Como você pensa encontrar-se com ela? Com que regularidade serão os encontros? Viverão sempre afastados? É fácil de perceber com um relacionamento deste tipo dificilmente funcionará. E como esta muitas outras situações.

Por mais que custe por vezes temos de desistir (mesmo que muitos digam que desistir é para os fracos). Só você saberá avaliar a sua situação e perceber se realmente vale a pena continuar com a relação que possa ter. Pondere e tire as suas conclusões.

guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

3 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Anónimo
Anónimo
1 ano atrás

Já faz um ano e meio que namoro a distância,e está sendo muito difícil,ambos não quer seder o seu lado,eu não quero morar lá em decorrência da minha carreira,e ele a família . No meu caso esse relacionamento não vai ter futuro . Gosto muito dele,mas não estou disposta a abrir mão da minha carreira para casar. O futuro a Deus pertence.

da silva
da silva
4 anos atrás

Simpelsmente fantástico! Caro amigo autor do site esta de parabéns.. todas as palavras estão mto bem colocadas, palavras de qm entende do assunto. Tudo esta correto e de fácil entendimento! E ainda mais que iso ese ultimo conselho e a chave de ouro que fecha a porta sogre o assunto quando o amigo diz que.. (apenas nos mesmos poderemos ser de fato nossos próprios juízes) pra um bom entendedor meia palavra basta, e sinceramente não há qm n vá entender estas verdades qual o amigo pulblicou aí. De minha parte eu agradeço ao amigo pela humildade em compartilhar com todos… Read more »