Solteira aos 30 anos – O que fazer?

Entrou na casa dos 30 e está solteira? Sente que está a ficar demasiado velha e ainda não tem uma relação estável? Este artigo é para si! Para além de abordarmos o que deve fazer nesta situação, como deve agir e como pode evitar os sentimentos negativos pelo facto de ter 30 ou mais anos e estar solteira vamos também desmistificar alguns preconceitos e estigmas da sociedade que nos fazem sentir desta forma.

Para que possa ter consciência do que a leva a sentir mal com o facto de não ter uma relação sólida após os 30 vamos enumerar quatro pontos importantes e três atitudes que deve adotar para conseguir mudar a sua ideia e ser feliz, com ou sem parceiro.

Solteira aos 30 – Porque me sinto mal sozinha?

Os motivos que fazem com que se sinta mal sozinha vão muito para além da sua personalidade, do seu psicológico e até das imposições que a sociedade nos coloca. É importante reconhecer que o ser humano é um ser social, o que faz com que as relações sejam uma base para a vida de qualquer pessoa. Ter uma relação amorosa estável contribui para um bem estar social e afetivo e essa carência pode tornar-se dolorosa. Para tal deve perceber os motivos que a levam a sentir-se mal quando está solteira, para que depois possa alterar esses pensamentos e hábitos:

Fuja das regras da sociedade – Desde pequenos que somos ensinados que a vida adulta baseia-se praticamente em duas coisas: Trabalho e relacionamento amoroso. Comece por pensar e perceber que esses valores estão completamente ultrapassados e não contemplam bases fundamentais como o autoconhecimento e o amor próprio. Não pense que por ter 30 anos e não estar casada e ter filhos faz com que seja menos mulher, ou menos adulta. Estes são os primeiros valores a romper para que possa seguir em frente e sentir-se feliz.

A relação romântica como base da vida – Muitas pessoas colocam a relação amorosa / romântica como a base da felicidade e até das suas vidas. Depender de alguém para ser feliz não é correto e essa ideia faz com que não consiga aproveitar outras relações que tem, como as amizades e familiares, e dessa forma não tira o melhor proveito dos que mais gostam de si. Lembre-se que o amor surge das mais variadas formas. Explore-as todas!

Carências afetivas – Este é um dos maiores motivos que fará com que se sinta sozinha, triste e desamparada nesta situação. O ponto anterior vai ao encontro deste. Não encare a relação amorosa como o ponto chave para a plenitude e não deixe as suas carências afetivas impedir o seu percurso na procura da felicidade.

Frutrações do passado / familiares – Um ponto muito importante a referir pois por vezes devido a situações que vivemos no passado ou até histórias de familiares, fazemos com que o nosso coração fique fechado ao amor, impedindo-o de se apaixonar. Pense no que a faz agir assim para que possa alterar esse pensamento / comportamento.

Veja também:
Como lidar com o medo da solidão?
Dicas essenciais para ficar de boa com a vida
10 Segredos para conhecer o homem dos seus sonhos

Solteira aos 30 – Como encontrar a felicidade?

Conheça-se e cultive o amor próprio – Conhecer-se e amar-se é o ponto chave para que possa sentir-se feliz mesmo estando solteira. Tire um tempo para si, procure atividades que gosta e cultive o seu auto-conhecimento. Experimente coisas novas, viaje, conheça pessoas e quem sabe não poderá encontrar o par dos seus sonhos. Até lá, aproveite o melhor de si!

Dispa-se de preconceitos – É muito importante que deixe para trás os estigmas de que um adulto tem que ter uma vida estável, tem que casar, ter filhos e animais de estimação e aos 30 já tem que ter um conta bancária estável e casa comprada. Essa ideia para além de ser surrealista para os dias que correm não tem que ser ideal para nada nem para ninguém. Em pleno século XXI é incrível como ainda são impostos modelos para o que se considera uma vida feliz ou não. A felicidade não depende de coisas, nem de relações afetivas.

Abra o seu coração ao amor – A todos os tipos de amor! Estar solteira é amar-se e estar disposta a amar os outros. O amor está em todo o lado e deve ser cultivado da melhor forma para que possa ser feliz consigo e com os que a rodeiam. Quanto a uma relação? Quem sabe. Mas pense noutras prioridades!

Esperamos que com este artigo possa perceber os motivos que a levam a sentir-se mal com o facto de estar solteira e que possa mudar em si. Estar sozinha é muito bom e pode fazer com que cresça imenso como pessoa. Só depende de si para ser feliz!

Gostou do artigo?
Gostavamos de ter o seu apoio no Patreon. Saiba mais clicando AQUI.

Deixe um comentário

avatar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.