Será obrigatório casar e ter filhos?

Esta é uma discussão bastante acesa e como tal decidi falar sobre casar e ter filhos aqui no Sentimento Calmo. Todos temos opiniões diferentes. Algumas pessoas acreditam que uma relação não o é se não existir casamento. Algumas pessoas defendem que apenas se pode ter relações depois do casamento, por isso para muitas pessoas o casamento é importante e é algo natural ou quase obrigatório. Para outras não. Para algumas pessoas um filho é uma bênção e querem o mais rápido possível construir uma família e nem viveriam se assim não fosse. Para outros é algo que nunca esteve nos planos.

Sem dúvida um assunto com muito “pano para mangas”.

casar e ter filhos

Começando pelo casamento

Claro que obrigatório não é, tanto que hoje em dia muitas pessoas preferem apenas juntar-se em união de facto e esquecer a ideia do casamento. Hoje em dia existem muitos divórcios e das duas uma, ou as pessoas não se compreendem como deveriam ou pura e simplesmente não tomaram a decisão mais acertada. Uma coisa vale mais do que a outra? Talvez para pessoas mais religiosas sim e talvez na cabeça de algumas pessoas também. Na minha opinião é tudo uma questão de como olhamos para as coisas.

De há uns anos para cá houve uma grande mudança de atitude em relação ao casamento. Hoje em dia a união de facto já surge como algo mais normal do que há uns bons anos atrás. Mesmo assim ainda existem muitas mulheres e homens que têm o sonho de casar pela igreja e que até “descriminam” quem não o faça. Na minha opinião são opções, ambas as vertentes são válidas. Dependerá de cada casal e da importância que dão a uma celebração com um padre e um papel assinado.

Em relação aos filhos

Os filhos são a alegria da casa para alguns e são algo não pensado para outros. Novamente é uma opção. Ninguém pode obrigar ninguém a ter um filho, aliás, eu acho que se uma pessoa decide não ter um filho, tudo bem. Seria muito pior ter a criança e não a tratar devidamente.

Também em relação aos filhos as coisas mudaram um pouco. Antes os casais tinham bastantes filhos, era algo perfeitamente natural. Um casal casava e tinha filhos, era o normal e tudo o que não fosse assim fugia à regra. Hoje em dia as coisas deram uma valente volta. Os casais têm trabalhos precários, vivem quase sempre numa lógica de dinheiro ganho dinheiro gasto e acabam por adiar essa decisão até por vezes se tornar tarde demais.

Se uma pessoa realmente quer ter um filho não pode estar à espera da altura certa, porque nunca existirá. Um mês será uma avaria na casa que terá de consertar, no mês seguinte no carro, haverá sempre algo onde gastar o dinheiro. E é uma decisão que deve ser tomada por ambos. Sem dúvida que precisa de uma criança para formar uma família e que este será uma alegria imensa para qualquer casa, mas também existem pessoas com objetivos diferentes na vida.

Mais importante de tudo é que cabe a cada casal tomar as suas decisões, decisões essas das quais se poderá arrepender ou não no futuro. Não devem de todo ser postas de parte ou criticadas pessoas que não sigam o padrão imposto pela sociedade e tido como “normal”.

E vocês o que acham sobre este assunto?

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

avatar
wpDiscuz