Dicas para viver a dois em paz e harmonia

Não existem duas pessoais iguais e por vezes nem sempre é fácil lidar com essas diferenças, especialmente num relacionamento amoroso, onde se convive durante muito tempo e onde se partilham tantas emoções. A discórdia é normal e o facto de ter uma opinião diferente da opinião do seu parceiro não significa que não estejam em sintonia e que gostem menos um do outro.

Com o artigo de hoje vamos analisar e dar a conhecer algumas dicas que vão ajudar a que ambos vivam em paz e harmonia e falar também sobre como evitar aqueles desentendimentos desnecessários, quais as suas causas e o que deve fazer caso a discórdia surja no vosso caminho.

Como ter um relacionamento em paz e harmonia?

Em primeiro lugar é super importante normalizar a diferença. Só quando se tem consciência que a outra pessoa está no direito de ter uma ideia ou uma opinião diferente é que é possível seguir em frente e aproveitar a harmonia e a paz. Por outro lado é igualmente importante que ambos percebam o porquê da discórdia e alguns motivos que levam as discussões a acontecer.

Porquê discutimos tanto?

  • Teimosia e inflexibilidade – Este é sem dúvida o ponto principal e a razão que leva a grande maioria dos casais a discutir… Afinal somos todos pessoas e todos queremos ter e defender a nossa razão. A questão é que nem sempre a nossa razão é a razão do outro e ambas podem ser válidas. A falta de cedência e teimosia podem levar a conflitos muito fortes e até à degradação do relacionamento.
  • Falta de respeito pela opinião do outro – Infelizmente acontece mais do que devia e manifesta-se quando alguém acredita tanto na sua verdade e qualquer outra realidade é automaticamente excluída. Isto é nada mais nada menos do que uma grande falta de respeito pela opinião e até pela individualidade do outro. Discordar sobre o assunto, tudo bem, mas o respeito é um base fundamental de qualquer relacionamento e não pode faltar nunca!
A teimosia, o ego e a insegurança podem estar na origem das discussões de um casal
  • Ego e inseguranças – O ego gigantesco de algumas pessoas não permite com que elas possam ver para além da sua própria opinião e acabam por causar graves discussões e problemas num relacionamento. Por outro lado as inseguranças de alguém podem acabar por fazer com que se assuma um papel mais agressivo e de rejeição, o que também traz efeitos negativos.

O que fazer para viver em paz e harmonia?

  • Respeitar o espaço do outro – É de extrema importância que dê ao seu parceiro o espaço que ele precisa para viver a sua própria individualidade. Com o espaço necessário ambos poderão refletir e entender melhor um ao outro e os motivos que levam à discórdia.
  • Todas as opiniões são válidas – É importante reconhecer que a sua opinião e as suas ideias não são as únicas no mundo e existem uma série de alternativas, todas elas válidas. Comece por analisar a perspetiva do outro e coloque-se no seu lugar. A partir daí será mais fácil perceber o que o seu companheiro pensa.
  • Gostos não se discutem – Existe quem discuta pelas coisas mais básicas… como o gosto pessoal! O ditado indica que gostos não se discutem e com razão. De maneira alguma deve tentar interferir nas escolhas pessoais de outra pessoa só porque se fosse você faria de forma diferente.
  • A importância do diálogo – Conversar sobre o assunto que gera discórdia é um passo para o sucesso. Por isso, sempre que surgir algum situação que não gere consenso, converse com o seu parceiro, explique o seu ponto de vista e deixe que ele se explique também. A partir daí boas coisas surgirão.
  • Deixar o ego e a teimosia de lado – Por mais teimosos que sejamos, sim, vamos ter que deixar a teimosia e o ego de lado. Por mais que tenhamos convicção que o que pensamos é o mais correto lembre-se novamente: Existem várias realidades e todas elas são válidas. Nunca deixe de ter a sua opinião, apenas aprenda a conviver com as outras.

Estas são apenas algumas dicas que farão com que possa viver o seu relacionamento em paz e harmonia, evitando aqueles conflitos tão típicos mas tão superficiais. Tem alguma sugestão? Deixe nos comentários!

Gostou do artigo?
Gostavamos de ter o seu apoio no Patreon. Saiba mais clicando AQUI.

Deixe um comentário

avatar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.