A verdade sobre os relacionamentos à distância (que ninguém tem coragem de dizer)

A verdade sobre o relacionamento à distância que ninguém parece ter coragem de lhe contar!

Já falei aqui várias vezes sobre os relacionamentos à distância, mas nunca é demais repetir certas coisas, até porque são várias as dúvidas sentimentais que recebo acerca deste tema. Vale a pena investir num relacionamento à distância? É algo bom de se viver ou é algo doloroso? É para todo o tipo de pessoas ou apenas para algumas em específico? Para “matar todos os coelhos de uma só vez”, está na altura de dizer toda a verdade sobre os relacionamentos à distância, aquela verdade que ninguém tem coragem de dizer.

Já vivi vários relacionamentos deste tipo e posso dizer que a minha vida amorosa começou quando desisti dos mesmos e comecei a focar-me nas pessoas que estão perto de mim e não naquelas que conheço apenas em palavras. Hoje vamos falar abertamente sobre os relacionamentos à distância, com muita verdade e frontalidade, por isso fiquem por aí e deixem o vosso comentário, porque a vossa opinião é muito importante para mim.

verdade relacionamentos à distância

A verdade sobre relacionamentos à distância

Não faz sentido Qual é a lógica de “ficar” com alguém que nunca viu na vida? É só porque a conversa com essa pessoa a faz sentir bem e ter um bom momento depois de um dia difícil? Por favor! Já lá vai o tempo em que os rapazes engatavam as raparigas no msn, só para você ver o msn já nem existe, por isso está deveras ultrapassado! Apaixonar-se por palavras, sem sequer conhecer a pessoa por detrás delas é um erro gravíssimo e um perigo no mundo atual.

Se não estão juntos fisicamente, vivem uma relação aberta Tão simples como isso! Sempre se disse “longe da vista, longe do coração”. Somos seres humanos e pior que isso animais, embora que racionais, alguns! Você precisa ter a outra pessoa perto. Por mais que as tecnologias tenham avançado, ainda não simulam o toque e dizer que tem um relacionamento com alguém que nunca viu ou tocou… por favor… tem uma utopia, nada mais.

Insegurança no nível máximo Se as coisas já são complicadas quando tem a pessoa ao lado, imagine num relacionamento à distancia! Quando as coisas ficarem complicadas, você estará a lidar apenas com os seus sentimentos, fará acusações sem prova ou razão, irá chorar, irá bater com a cabeça e irá perceber que nada disso vale a pena.

Encontrar alguém “seguro” é um risco Este tipo de relacionamento não é para todas as pessoas, então conseguir encontrar alguém para um relacionamento à distância, pode tornar-se uma autêntica aventura! Tem de ser uma pessoa que goste realmente de si, ou da imagem que tem de si e que consiga manter-se fiel, mesmo não tendo contacto consigo! Dá para imaginar o quanto é complicado arranjar algo assim? Boa sorte.

Depende de quantas vezes vê a outra pessoa Se você vê e está com a outra pessoa regularmente, você tem um relacionamento! Se você nunca viu ou esteve com a outra pessoa, então você tem uma fantasia! Se por alguma razão você não pode estar sempre com a outra pessoa, mas vai estando com alguma regularidade, então as coisas até podem ter pernas para andar, caso contrário está a alimentar uma utopia.

Apenas funciona se for temporário Uma relação deste tipo apenas irá resultar se a distância entre ambos for temporária! Nunca poderá viver uma relação deste tipo uma vida inteira! Ou pretende namorar com alguém uma vida inteira sem nunca ter contacto com essa pessoa? Continuo a dizer que isso não é nada. É o mesmo que eu dizer que tenho um relacionamento à distância com a Rhianna, mesmo que ela não saiba da mesma.

A distância só complica as coisas As coisas simples como uma saída entre amigos, pode tornar-se uma dor de cabeça para a outra pessoa. Traições são coisas simples porque a outra pessoa nunca saberá o que você faz a 300 quilómetros de distância. Fingir ser uma pessoa que não é, torna-se igualmente fácil, porque você nunca conhece a pessoa realmente e por aí adiante.

Cria a ilusão que tudo é bom Quando se encontram tudo parece perfeito. Têm aquele amor e paixão a fervilhar e aquelas poucas horas ou dias em que estão juntos, são perfeitos e só querem mais e mais. Isso é muito bonito. Agora passem semanas com a pessoa, meses e anos. Conheçam quem a pessoa realmente é, os seus hábitos e tudo mais, e provavelmente irão perceber que não gostam assim tanto dela.

Vamos ser realistas. Um relacionamento à distância é um engano. Ter uma pessoa que nos faz sentir bem, com quem nos sentimos bem a falar é bom, mas não significa que essa pessoa é a nossa cara metade.

Todos nós temos a necessidade de encontrar alguém que nos complete, o problema é que na maior parte dos casos procuramos no sítio errado, ignorando que o que procuramos por vezes pode estar tão perto.

Deixe um comentário

2 Comentários em "A verdade sobre os relacionamentos à distância (que ninguém tem coragem de dizer)"

avatar
Sort by:   newest | oldest | most voted
Anónimo
Visitante

Matéria ruim essa, pois é perfeitamente possível ter um namoro a distancia, o meu já dura 4 anos há 160Km de distância, cheguei nesse site mas não há nada que se possa aproveitar dessa matéria…

Cíntia
Visitante

Sou Brasileira, namorei, noivei e casei a distância com um Português que mora à 12 anos em Londres, totalizando 3 anos e meio nosso relacionamento.
Nos vemos de 6 em 6 meses . Um pouco ele vem pra cá e outro eu vou pra lá.
Como todo casal temos nossos problemas e diferenças de opinião e ele sabe muito bem o quanto sou geniosa e por muitas vezes chata. E eu estou aprendendo a ter paciência pela pacividade, detalhismo e excesso de sentimentos dele. E estamos nos saindo muito bem e cada vez mais apaixonados.

wpDiscuz