Sair com uma mãe solteira

A mulher dos vossos sonhos decidiu deixar-vos entrar na vida dela. É aí que descobrem que ela tem um filho, e podem pensar que está tudo perdido, quando na verdade não está. O facto de aprender a ser uma segunda prioridade na vida de uma mulher vai ajuda-lo tanto a nível pessoal como a encarar a relação da forma mais correcta. Se pensam que sair com uma mãe solteira é como roubar um doce a uma criança pensem duas vezes, porque não é e precisam de ter algumas coisas em mente.

Existem homens que pura e simplesmente garantem que se deva manter longe de uma mulher assim. Existe quem encaixe bem no papel. Todos somos diferentes e todos vemos as coisas de forma diferente. Este artigo de uma forma geral ajuda-o se quer sair com uma mãe solteira.

sair com uma mãe solteira

Dicas para sair com uma mãe solteira

Planear é crucial – Lembre-se que planear as coisas com antecedência se tornou o melhor plano na sua nova relação. Em vez de coisas planeadas no próprio dia vai ter de se habituar a combinar coisas com semanas de antecedência. Vocês podem pensar que isto é mau para a relação, mas reparem em todo o suspense que se vai criar, enquanto esperam o encontro. Podem sempre manter o contacto via email ou telefone.

Espontaneidade pode resultar – Tenham em mente que ela viveu durante os últimos tempos com apenas um plano, o seu filho, com um plano centrado nele. Você pode usar isso a seu favor introduzindo uma fonte de excitação e diferença na vida dela. Saiba como planear sua programação tanto quanto possível, e sua espontaneidade em conformidade. Se você sabe que ela vai ter o sábado de manhã livre, mostre-se agradável e rápido ao surpreendê-la com um pequeno-almoço na cama e panquecas para o garoto/a.

Inclua a criança – Quando pensar em datas, inclua a criança. Uma ida ao museu, ao aquário, pode ser benéfico para a sua relação com ela e também com a criança. Vai ser bom para se divertirem todos em conjunto como uma família. E ela irá sentir que se importa com o filho e está disposto a aceitar isso.

Relação com a criança dela – Não apresse as coisas para conhecer a criança. Tudo a seu tempo. Os níveis de confiança, bem como as barreiras do conforto devem ser superadas por você primeiro, para que ela se sinta confortável para o deixar estabelecer qualquer tipo de relacionamento com o seu tesouro mais estimado. Não ignore a criança, este é um território difícil, por isso, tenha cuidado ao pisar.

Ter noção de todas as desvantagens – Sim, entrar numa família já constituída, embora incompleta, é complicado. Basicamente você irá como que “substituir” a pessoa em falta, tanto presencialmente como economicamente, etc. Existe também quem refira, inclusive nos comentários que mãe solteira é os restos de outro homem e é também verdade que nem todos os homens estão preparados para assumir uma criança que não é deles e abdicarem desde logo da intimidade e tudo mais. Alguns dos problemas poderão ser:

Na minha opinião cada caso é um caso e não devemos generalizar. Acredito que irá depender imenso da mulher em questão, dos filhos e também do homem. É sempre fácil para o homem criticar, mas por vezes também temos de nos colocar no papel da outra pessoa e pensar que poderíamos estar na mesma situação. Daí este ser um assunto tão complicado. Quer se goste ou não é necessário respeitar uma mãe solteira assim como qualquer ser humano.

A ideia chave é não esquecer que ela é mãe, essa é a palavra chave. Não descuide de nenhum, nem dela nem da criança. Crie uma boa relação com ambos e só assim poderá sair com uma mãe solteira.

Deixe um comentário

58 Comentários em "Sair com uma mãe solteira"

avatar
Sort by:   newest | oldest | most voted
Karen
Visitante

Concordo “plena” e “mente”! rsrs
Mãe solteira não é alguém que está fadada a não ter uma vida de Mulher. Ela continua sendo mulher e não perdeu seu valor.
Mas, cada um é cada um, né… Temos que aprender a conviver com essas diferenças.
Sou mãe solteira, sou nova ainda e as vezes me pego imaginando que minha felicidade foi roubada de alguma forma, tenho medos e expectativas… Espero superar (eu tento).

Adriana
Visitante

Adoreii sua resposta!!!

Adriana
Visitante

Cara escroto

Agostinho Dias
Visitante

Ola gostaria de te conhecer

Querida
Visitante

Claro, sempre planejamento, mas tenho um filho de 4 anos e saio sempre que dá, enfim ele não é o problema, o problema é o preconceito, tenho 28 anos sou formada bem resolvida, espero encontrar alguém que se encaixe nessa minha louca vida, quase sempre durmo 4 horas por dia, e o fato de não ter tempo, é relativo!
NÃO TEM O POR QUE TER PRECONCEITOS, SOMOS LINDAS, AMAVEIS E QUEREMOS MUITO OFERECER NOSSO CARINHO E NOSSO AMOR, ABRA SEU CORAÇÃO E VIVA SEJA REALMENTE FELIZ!! 🙂

wpDiscuz