Perceber a condição social das mulheres

Tem acompanhado a nossa série de artigos úteis para perceber uma mulher? Para conseguir ser o homem que elas desejam, primeiro tem de perceber o que uma mulher quer e deseja. Por outro lado é preciso perceber o que uma mulher sexy sente, e como tal escrevemos um artigo para se sentir dentro do corpo dessa mulher. Agora chegou a altura de perceber a condição social das mulheres, para arrumarem na vossa cabeça, de uma vez por todas, algumas ideias que estão completamente erradas.

Há alguns anos atrás (não tantos assim), não existia a liberdade nas relações que existe nos dias de hoje. Antes era quase impossível ver manifestações de amor na rua, era quase tudo feito às escondidas, porque existiam comentários e igualmente punições. Um filho fora do casamento? Sexo fora do casamento? Eram coisas que antes eram severamente punidas, os tempos mudaram, o pensamento das pessoas também, mas as coisas continuam muito semelhantes, muito graças à condição social das mulheres que vamos falar de seguida.

Perceber a condição social das mulheres

Quantas histórias por exemplo vocês lembram de uma rapariga que partilhou fotos íntimas com o seu namorado e depois de acabarem ele foi e partilhou com todo o mundo como forma de vingança? Histórias dessas são bastante frequentes. E assim se estraga uma vida, muitas vezes sem se pensar nisso…

É necessário perceber a condição social das mulheres!

Embora as coisas já não sejam como eram anteriormente, as mulheres continuam a ter restrições sociais, em muitos casos por influência de amigos, colegas e sobretudo RAPAZES! Os homens vão sempre julgar as mulheres de qualquer das formas. Por exemplo, se uma mulher se entregar ao homem no primeiro encontro, esse homem ficará certamente a pensar que ela já o fez montes de vezes. Afinal se ela não se negou a nada é porque deve ser uma grande **** não? Este é o pensamento típico de alguns homens e sim, o pensamento é uma coisa complicada.

Por outro lado existem raparigas que crescem com tantos condicionalismos na cabeça que acabam por não aproveitar o amor em pleno, acabam por casar com alguém por um suposto “amor” e passados uns anos acabam por se separar porque não funcionam debaixo dos lençóis. O problema de todo este condicionalismo em algumas mulheres é o seu próprio cérebro e vão perceber isso de seguida.

Exemplo de como o cérebro nos condiciona

Uma rapariga vai sair com as amigas para um bar e como é óbvio vai para se divertir e não espera encontrar lá o “homem perfeito”. Mas mesmo não querendo encontrar ninguém, gosta de procurar a validação dos rapazes, de saber que chama a atenção ou até que a acham bonita. Com o tempo e depois de algumas bebidas, esta mesma rapariga pode ficar “alegre” e porque razão lá estão as amigas? Devem provavelmente pensar que é para não a deixar sair com qualquer rapaz que encontre, mas existe também o outro lado. Mas será que a estão a proteger dos outros ou mesmo dela própria?

Elas estão a protegê-la dela própria e de não ganhar o rótulo de “vadia”. O problema está no facto de ela realmente querer ter uma relação e aí é que o nosso cérebro nos condiciona! Se ela por acaso saísse com um rapaz no dia seguinte iria arranjar desculpas do género “a culpa foi de ter bebido” ou “as minhas amigas não se preocuparam comigo”, assim ela irá sentir-se menos culpada e não será julgada pelas suas amigas.

Sabem porque razão ela precisa do álcool para ir com esse rapaz? Para enganar o seu cérebro ou a si própria!

Existe um lado dela, motivado pelo seu corpo, que a faz querer ter uma relação, mas existe outro lado que diz “O que estás a fazer? Nem conheces bem esse rapaz, o que vão as tuas amigas pensar que tu és?” e por aí adiante… Por isso é que muitas mulheres negam ter alguma coisa com um rapaz, nem tanto porque não o possam desejar, é mais por acharem que não é correcto. Se o homem for capaz de a estimular o suficiente o instinto da mulher pode muitas vezes falar mais alto que o próprio pensamento.

Percebam também que AS MULHERES GOSTAM DE FAZER AMOR, TANTO COMO OS HOMENS! Se considerarmos o quanto algumas mulheres gritam em determinadas situações, poderia até referir que gostam mais do que alguns homens! Só que a cabeça está lá sempre a pensar e muitas vezes a mulher acaba por não aproveitar tanto como devia. As coisas estão a mudar desde o tempo passado até à atualidade, mas ainda existem grandes condicionamentos.

Depois também depende do modo como crescemos. As mulheres crescem a jogar às bonecas, discutem qual a mais bonita e qual a mais feia. Os homens crescem a brincar e falar de carros e um dia mais tarde discutem qual tem o carro melhor ou a mulher mais gostosa.

Um homem engata uma mulher todos os dias e é visto como um garanhão, a mulher está com muitos rapazes e é vista como uma vadia e acho que isso explica muito do que a mulher vive. Para conseguir ter mais sucesso com as mulheres é necessário que perceba estas pequenas coisas. Fiquem atentos aos próximos artigos que mais novidades virão.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

avatar
wpDiscuz