Pessimismo humano

Não sou contra a vontade de muitos quererem passar a vida deitado as e à sombra mas vejamos… qual é o benefício da preguiça. É verdade que a vida não é fácil, prega-nos muitas partidas, faz-nos tropeçar mais num dia do que em toda a nossa infância. No entanto não podemos encarar essas dificuldades como cordas invisíveis que nos amarram os pés, mas sim cordas que podemos usara para nos segurar e subir.

Não são barreiras enormes que não conseguimos atravessar, nem sequer um bicho feioso ou uma frente de fogo. Sabemos todos ver defeitos de alguém, sabemos todos ver o que é mau em tudo. Mas posso dizer-te que isso é o mais fácil, olhar para baixo é uma coisa tão natural como respirares, acredita. O pessimismo é humano. Olhar para cima custa, faz doer o pescoço, muitas vezes o sol ofusca, e o medo também. Medo de não olhar para os pés e para onde eles vão. Mas quem disse que a vida era fácil? Ninguém, o pessimismo humano diz que a vida é cruel e injusta. Mas será que não somos capazes de sermos os nossos próprios heróis?

pessimismo humano

Somos nós que conseguimos ver a escuridão e o lado negro sim… Então mas não somos nós que escrevemos sobre heróis e aventuras. Não fomos nós que fizemos descobertas e atravessámos a mais diversas condições em terra e mar? Não fomos nós que fizemos descobertas científicas importantes não só para o conhecimento mas também para a sobrevivência. Não fomos nós que salvámos milhões de vidas em atentados, em acidentes.

Somos nós que amamos e escrevemos sobre isto. Somos nós que choramos por alguém. Somos nós que sorrimos para animar quem está em baixo. Somos nós que somos humanos, porque é que agimos como se fôssemos inferiores. Não digo para prejudicar quem não o é, muitas vezes os animais irracionais conseguem pensar mais do que nós. Estou a fazer estas perguntas para chegar a outra, onde está esse “nós” milagroso? Dá a crer que antigamente acreditávamos mais nas nossas capacidades do que agora que estão mais desenvolvidas!

“Tudo parece impossível até que seja feito.” (Nelson Mandela)

Esta é a verdade, a palavra impossível assusta muitos, mas nada do que se diz ser impossível não pode ser feito. Um caminho sem saída não está perdido no vazio. Se conseguimos dar a volta a um obstáculo pequeno porque não perder tempo e pensar como dar a volta a um maior? Medo de olhar para cima porque os raios de sol te ofuscam?

Existem óculos de sol. Medo de um bicho feioso? Tenta saber mais sobre ele, pode ser-te útil. A penicilina (primeiro antibiótico) provém daquele bolor nojento e verde que decerto já viste numa laranja. Medo do fogo? Não te digo para o apagares, talvez seja o melhor, mas se estiveres com frio, nada melhor para te aqueceres. Agora levanta-te, segue e faz alguma coisa. A luta por um sonho dá sempre resultado positivo entre o benefício e a dúvida, leve o tempo que levar.

“Para o optimista todas as portas têm maçanetas e dobradiças, para o pessimista todas as portas têm trincos e fechaduras.” (William Arthur Ward)

Artigo Escrito por Clara Godinho, colaboradora do Sentimento Calmo

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

avatar