Mantenha a sua individualidade numa relação a dois

O novo amor é como uma intoxicação, sentimos os joelhos fracos, as borboletas no nosso estômago, à medida que ele vai demonstrando o amor por si e com pequenos gestos como declarar que “se encontra num relacionamento” no facebook. São várias as coisas boas que o amor tem, mas por mais que esteja apaixonada não deve de todo deixar de viver a sua individualidade, isto é, deixar de ser você mesma. Já sabemos que foi mordida pelo “bichinho do amor”, mas tem de perceber os sinais que mostram que a sua relação se está a tornar numa relação obsessiva, e sobretudo que está a deixar de ser você própria.

individualidade numa relação a dois

  • Ele é tudo o que eu preciso

Subitamente já quase não se consegue lembrar do que fazia antes de o conhecer e quando estão juntos, apenas tem olhos para ele, enquanto que tudo o que está à sua volta parece desaparecer. No início da relação é normal que queira passar o maior tempo possível com a pessoa que ama, mas é importante que mantenha o seu espaço para não perder a sua individualidade. Se os seus amigos ou amigos reclamarem que não passa tempo nenhum com eles, você poderá estar a colocar de lado grandes amizades. Ter uma vida fora da sua relação é bom para a mesma e ajuda a evitar a dependência. Sendo assim deve manter os interesses que tinha antes de o conhecer e encorajá-lo a fazer o mesmo.

  • Eu quero o que ele quer

É grave quando você começa a pensar “O que será que ele quer fazer hoje?” ou “Onde quer ele ir hoje?”, em vez de pensar “o que quero fazer hoje” ou “onde quero ir hoje”. Torna-se ainda mais grave quando começa a abdicar dos seus interesses para lhe fazer a vontade e assistir com ele, aquele jogo de futebol. Não me refiro a um evento de uma vez, porque isso é completamente normal e acho que devem partilhar interesses. Refiro-me sim, quando isso se repete vezes sem conta.

Certas mulheres acham que o homem irá gostar mais delas se estas tentarem constantemente os satisfazer. Acreditem que vocês por si só são suficientes para eles. Uma boa relação e sobretudo um amor incondicional, é aquele onde ambos se amam e sobretudo se aceitam como são. Se acredita que ele não a ama por quem você é, pense se quer viver toda  a vida com uma pessoa que apenas ama uma expectativa.

  • Você recebe o que dá, ou não…

Quando você ama alguém uma das maneiras mais frequentes de mostrar o seu amor é encher essa pessoa de prendas. Você compra-lhe aquelas sapatilhas adidas última moda. Paga-lhe a viagem no fim de semana. Você faz tudo para que a festa de aniversário dele seja memorável. Onde quero chegar é, será que ele faz o mesmo por si? Por vezes pensamos que quanto mais damos a uma pessoa, mais essa pessoa irá gostar de nós. Se você acha que dá mais do que recebe, ele pode estar a tomá-la como garantida e isso não é bom. Ele investe o mesmo tempo e esforço em si para a fazer sentir especial? Tenha atenção a isso se não quer que a sua relação se transforme numa relação parasita.

  • Faria tudo por amor

Não confunda compromisso com sacrifício. Compromisso é deixa-lo assistir ao jogo de futebol, sacrifício é tornar isso rotina e que você não possa ver os seus programas. Muitas mulheres fazem grandes sacrifícios para satisfazer a sua cara metade na relação. O compromisso é essencial numa relação mas é necessário que este seja equilibrado. Se deixa o seu namorado fazer tudo e ter controlo sobre tudo isso não é compromisso mas sim um grande sacrifício.

E você acha que consegue manter a sua individualidade na relação? Será que sabe medir os dois lados e equilibrar a sua relação?

Gostou do artigo?
Gostavamos de ter o seu apoio no Patreon. Saiba mais clicando AQUI.

1
Deixe um comentário

avatar
0 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Recent comment authors

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

newest oldest most voted