Linguagem Corporal – Todos os seus segredos

34 Comentários

A linguagem corporal é um método de expressão inerente ao ser humano. Os seus gestos, quando bem observados, são capazes de revelar todo o pensamento e ideias que por qualquer motivo não são expressadas. Esta linguagem pode ser reconhecida através de várias formas, sendo elas a comunicação, a expressão facial, do corpo e o tom de voz, o controlo voluntário ou involuntário dos movimentos e pela concordância ou discordância do discurso verbal.

Todos estes comportamentos, quando analisados numa perspetiva psicológica, social e cultural podem ser uma benesse à interpretação dos sentimentos e à melhor compreensão do pensamento do seu parceiro/a. Neste artigo do Sentimento Calmo pretendemos esclarecer alguns sinais de linguagem corporal associados ao amor e relacionamentos e ajudar na sua compreensão. Conheça melhor o seu parceiro através dos seus gestos e melhore a sua relação.

segredos da linguagem corporal

Para uma melhor compreensão dos sinais corporais do seu parceiro é necessário focar-se em aspetos específicos. É de destacar que nem todas as pessoas são iguais e há circunstâncias que levam a ações semelhantes com intuito diferente. Há que conhecer o seu parceiro antes de interpretar qualquer comportamento, esteja este relacionado ou não à linguagem corporal.

Baseado em estudos e pesquisas no âmbito da psicologia e análise comportamental podemos apontar alguns aspetos da linguagem corporal comuns a grande parte do ser humano, entre os quais o sentimento calmo destaca:

Sorriso – Antes de mais é essencial destacar que há diferentes tipos de sorrisos e que cada um deles determina a intenção e o comportamento da pessoa – Destaco os sorrisos verdadeiros e espontâneos e os sorrisos falsos e mal intencionados. Estes últimos são reconhecíveis e distinguíveis pois um sorriso falso envolve apenas os músculos envolta da boca enquanto um sorriso espontâneo envolve todos os músculos da face incluindo ao redor dos olhos. Um sorriso verdadeiro indica que a pessoa gosta de si e que tem agrado em relacionar-se consigo. Pode também significar diversão e prazer. Um sorriso simulado pode indicar a tentativa de esconder algum sentimento negativo ou tentar mostrar simpatia quando não se gosta de alguém. O poder do sorriso é um fator de união e felicidade na sua relação por isso, sorria!

Contacto com os olhos – Olhar nos olhos pode significar interesse ou respeito, que se podem manifestar nas mais variadas relações interpessoais. Quando se olha nos olhos de alguém pressupõe-se empatia entre indivíduos e deste modo um à vontade para o desenvolvimento da relação, seja esta amorosa ou simplesmente uma relação de amizade.

O mútuo contacto com olhos é um sinal evidente de uma relação bem sucedida e com base no respeito e no interesse entre o casal.

Os olhos e as pupilas – As pupilas dos olhos podem indicar diferentes pensamentos e comportamentos segundo a sua dilatação (midríase) ou contração (miose). Se constatar o aumento do tamanho da pupila do seu parceiro é evidente que ele está interessado na conversa, que se sente bem consigo ou que concorda com algo relacionado com a conversa. Pelo contrário, quando as pupilas contraem é sinal de discórdia relativamente à conversa assim como desagrado e desconforto relativamente à companhia.

Olhar para cima – O olhar para cima baixando a cabeça é geralmente interpretado como um ato infantil e pressupõe quase sempre uma relação familiar entre indivíduos. Contudo este gesto pode também revelar uma necessidade de atenção dentro do seio da relação. Pode também querer evidenciar os dotes de atração e simultaneamente transparecer sensibilidade e vulnerabilidade assim como pode revelar uma necessidade de integração no meio cultural do parceiro. Se notar este gesto no seu parceiro procure dar-lhe atenção e carinho pois é definitivamente esse o seu objetivo.

Sinais dos braços – Os braços são geralmente conhecidos como as barreiras utilizadas para proteger a pessoa numa situação mais delicada. O comportamento e os movimentos dos braços estão interligados e têm várias interpretações possíveis. Os gestos com os braços são utilizados na sua grande maioria em situações de falta de autoconfiança ou ameaças sentimentais, contudo não revelam de todo a falta de confiança em alguém ou sentimentos relativos acerca de alguma pessoa mas sim sentimentos negativos acerca do próprio, relacionados com a falta de autoconfiança e baixa autoestima.

Quando há conjugação de braços e pernas cruzados é sinal de desagrado relativamente à pessoa ou à conversa – se notar esta ação no seu parceiro experimente mudar o assunto ou falar acerca de qualquer problema que possa existir dentro do seio da relação e que esteja relacionado com a temática discutida.

O movimento das mãos – Há que ter em consideração dois aspetos quando se interpreta a linguagem corporal relacionada com o movimento das mãos – as palmas abertas e as palmas fechadas. Estas indicam sentimentos contrários e interpretados de diferente maneira. Quando alguém conversa para si de palmas abertas e visíveis poderá indicar honestidade e simpatia, que se verifica por exemplo quando alguém fala de modo sincero num pedido de desculpas. Quando alguém fala para si de palmas abertas é necessário estar atento a outros elementos da linguagem corporal para confirmar de facto o que a outra pessoa está a sentir.

As palmas fechadas indicam desconfiança, mentira, omissão de sentimentos ou posição de autoridade. Estes gestos são muito usados quando alguém mente ou tenta esconder algum erro que cometeu com grande tendência a fechar as mãos ou escondê-las. Esteja atenta a esses sinais!

Encontros românticos e a Linguagem Corporal – Simples gestos que revelam as suas intenções

Se pretende marcar um encontro ou se está interessada em alguém esteja atenta aos mais diversos sinais corporais que indicam e poderão ajudar a uma melhor compreensão dos sentimentos e das intenções do seu parceiro.

Chamadas de atenção – No encontro romântico são evidentes as chamadas de atenção tanto por parte da mulher como por parte do homem. A linguagem corporal não é exceção e existem vários sinais que revelam que a pessoa sente falta de atenção ou pretende concentrar a atenção toda para si. Os balanços corporais, a gesticulação excessiva e rir muito alto são sinais evidentes de chamada de atenção.

Sinais de interesse – Quando há interesse em alguém há sempre uma predisposição para o mostrar tanto em expressão verbal como em linguagem corporal – sorrir durante muito tempo, arrumar o cabelo ou inclinar o corpo em direção à pessoa são sinais que revelam interesse tanto na conversa como na outra pessoa, esteja atendo e perceba se ele está interessado em si.

Sinal de atracção física – A atração física manifesta-se através de vários aspetos relacionados com a linguagem corporal, entre os quais são de destacar o facto de haver contacto físico consentido, como um simples toque no braço ou no ombro, manter uma conversa ativa e tentar sempre abordar assuntos de interesse para ambos e não desviar o olhar da outra pessoa. Se alguém revela estes sinais durante um encontro é muito provável que sinta atração física.

Sinais de desinteresse – Ao criar um encontro romântico podem ser revelados sinais de interesse contudo existem também sinais de desinteresse por parte da outra pessoa, que pode estar apenas a tentar ser agradável ou são apenas sinais que ele só quer ser amigo. Estes sinais são reconhecidos, por exemplo, pelo pouco contacto visual, pela pouca mobilidade e pelo pouco interesse dos temas que aborda. Se nota que a outra pessoa não tem interesse nos assuntos abordados experimente mudar o assunto. Há que ter em consideração que cada pessoa é diferente e certos aspetos da linguagem corporal de desinteresse podem relacionar-se apenas com aspetos relacionados com a timidez ou vergonha, verifique situações como estas e faça-o sentir-se à vontade consigo, é a chave para o sucesso no encontro.

A linguagem corporal permite o conhecimento e a melhor expressão do pensamento em qualquer circunstância, no amor não é exceção. Analise bem a linguagem corporal assim como as micro-expressões do seu parceiro e conheça-o de uma maneira diferente.

Artigo escrito por Patrícia Gargaté, estudante na área de jornalismo, colaboradora do Sentimento Calmo.

Artigos Relacionados:

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on RedditShare on Tumblr

Deixe um comentário

34 Comentários em "Linguagem Corporal – Todos os seus segredos"

avatar
Sort by:   newest | oldest | most voted
Rose
Visitante

O que dizer da linguagem corporal de um casal 16 anos de casamento, que a sociedade considera exemplo pela simpatia de ambos, mas que observando, caminham calados, ele com as mãos do bolso, sem interação nenhuma entre ambos em publico, apenas conversam com terceiros que por ventura estiver presente, mas ambos se declaram bem casados, e fazem questão de frisar isso nas redes sociais. Ps. Ele sempre traiu ela.

Anónimo
Visitante

Fala de cara se ela confia ou não. Conforme o sim/não, automaticamente ela irá fazer gestos e você poderá ver se ela esta mentindo sobre isso ou não.

Armandnho
Visitante

Bem dito mais não é tudo

paulo
Visitante

achei totalmente interessante, estou tento um caso , é a primeira vez que fico com ela ,mas ates disso tivemos um logo tempo de conversa ,ela diz que me ama e que gosta de mim , mas devido as expressões como o de não se expressar e de ter vergonha de se comunicar ,tenho dúvidas se esses sentimento podem ser falso ou verdadeiros ,quando entramos num diálogo relacionado a confiança, ela sempre diz que :”confia desconfiando” ,como devo agir nessa situação ou como posso me comportar diante dessa circunstância ?

wpDiscuz