Como lidar com o ciúme numa relação

Os ciúmes podem destruir qualquer relação, por mais forte que esta seja. É complicado perceber quando se trata apenas de ciúmes bobos, ou quando é sinal que o seu amor se tornou uma obsessão. Por vezes, e quando falamos em ciúmes, nem sempre o problema é da outra pessoa, porque em certos casos a outra parte do casal nem faz nada para provocar ciúmes. O que eu quero dizer é que em grande parte dos casos, somos nós a ter culpa por sentir ciúmes, já que a outra parte não nos dá nenhuma razão.

É importante sentir ciúmes numa certa medida, é sinal de amor e de preocupação, o problema surge quando se passa esse mesmo ponto, considerado de aceitável e quando se entra numa relação de obsessão. Para conseguir manter uma relação saudável, nós trazemos algumas dicas que o(a) ajudarão a lidar com o ciúme numa relação.

lidar com o ciúme

Lembre-se que a pessoa está consigo

Quer saber qual a grande diferença entre você a pessoa de quem tem ciúmes? É que você está com o seu parceiro ou parceira e ela não! É isso que terá de meter na sua cabeça, que é você que está no controlo da relação e não a outra pessoa. Provavelmente a outra pessoa é alguém que apenas fala casualmente com o seu parceiro(a) e você será a pessoa que está a fazer “filmes” de forma desnecessária. Se você está no controlo da relação, aprenda a aproveitar isso, ao invés de a destruir com ciúmes.

Saiba explicar o que sente à outra pessoa

Se sente ciúmes, mostre isso à outra pessoa, não fique à espera que ela adivinhe. Já aqui falámos da importância da comunicação numa relação, para o seu bom funcionamento e também para a conseguir melhorar. Se sente que alguma pessoa, seja amigo ou alguém do trabalho se está a aproximar do seu/sua parceiro(a), então diga-lhe, por certo a pessoa ainda nem tinha notado que isso lhe fazia confusão.

Não se enerve

Ciúmes e raiva poderão andar muitas vezes de mãos dadas e levar a situações bastante complicadas. Não adianta enervar-se e perder a cabeça, apenas porque tem ciúmes, sabendo que muitas das vezes nem existem razões para isso. Se vai partir para a violência e dar numa de parceiro agressivo, só irá dificultar a situação para o seu lado, em vez de estar a ganhar o coração da pessoa, estará a fazer precisamente o contrário.

Mude o seu pensamento

Geralmente estas pessoas muito ciumentas, pensam em como seria se fossem traídas, pensam nas pessoas potencialmente perigosas, pensam nos motivos que teriam para ser traídos, etc uma infinidade de situações. O que terá de fazer é mudar a forma como pensa, pense antes no porquê dessa pessoa estar consigo, o porquê de não o deixar e porque situação tem direito à relação que tem. Quer deitar tudo a perder com os seus pensamentos negativos?

Não entre numa relação obsessiva

Já aqui escrevemos antes por exemplo “como evitar ser uma namorada obsessiva” ou por exemplo “como evitar relações dependentes“. Uma relação de obsessão conduz na maior parte dos casos a dependência e a dependência irá trazer dor. É isso que procura numa relação? A relação deve ser toleradamente livre, cada um terá de ter o seu espaço para as suas atividades e hobbies, ao mesmo tempo que se sente preenchido na relação. Nunca deverá ser uma balança que vai sempre para o mesmo lado, sem equilíbrio.

Perceba como pode afetar as pessoas à sua volta

Esses seus pensamentos e certezas mesmo que falsas que guarda na sua cabeça, irão torná-lo(a), numa pessoa diferente. Uma pessoa com inseguranças, com angústias e que lidará de forma diferente com as pessoas que lhe são queridas. Dará por si a ser uma pessoa mais cínica, mais falsa, poderá até mandar indiretas para fazer a outra perceber a sua angústia e tudo isso poderá levar ao fim da sua relação. Se entrar nesta situação, o melhor que terá a fazer é procurar ajuda.

Seja confiante

Comece por ler o nosso artigo de como criar um maior amor próprio, porque é precisamente isso que lhe falta. O facto de não se sentir seguro consigo próprio é o que poderá estar a causar todos os seus ciúmes. Se você não confiar nas suas capacidades, então estará constantemente a rebaixar-se, a fazer comparações e a sentir-se menos que a outra pessoa. Comece por gostar de si, porque se você próprio não gostar, quem gostará? Perceba que os ciúmes, nascem muitas vezes da sua própria insegurança, consigo próprio(a).

lidar com o ciúme numa relação

Pare de fazer comparações

Não tende em comparar o seu parceiro ou parceira com outra pessoa, porque razão o faz então consigo próprio? O mundo é imenso, existirá sempre uma pessoa mais bonita, mais forte, mais inteligente, mais rica ou mais poderosa que nós! Tudo isso não invalida que você seja uma excelente pessoa, com muita coisa a oferecer a este mundo e também à pessoa que ama. Muito menos significa, que embora eles sejam mais bonitos ou ricos, ou o que quer que seja, a pessoa com quem você está, tenha qualquer interesse por eles. Nunca se esqueçam, que é nas diferenças que as relações se tornam especiais.

Perceba quais as consequências

Sentir ciúmes em demasia, tem obviamente as suas consequências. Com o passar do tempo, estes seus ciúmes podem levar a uma perda de confiança na relação e com o tempo, se mantiver as suas dúvidas, poderá mesmo conduzir ao fim da relação. É isso que deseja? Uma relação marcada pela desconfiança, ou uma assente em bases fortes e onde poderá confiar na outra pessoa?

Pense no que a outra pessoa sente

Já pensou que a outra pessoa poderá também sentir ciúmes? Então porque não colocar as coisas em cima da mesa e falar sobre isso. É uma determinada pessoa a causadora dos ciúmes ou é algo geral? Existe alguma coisa que a outra pessoa poderá fazer para esse sentimento desaparecer? É sobre esses assuntos que deverão falar, para conseguirem melhorar a vossa relação e viverem de modo saudável.

Não entre numa de espionagem

Como casal devem partilhar várias coisas, mas cada um de vós é livre de escolher o que quer ou não partilhar. Como tal, não deve de todo, dar numa de “dora a exploradora” e ir vasculhar em todas as coisas que não lhe dizem respeito ou que a outra pessoa não quis partilhar. Sabia que isso é uma completa quebra de confiança na sua relação? Pense nisso! Gostaria de viver com uma pessoa que é pior que o CSI no que toca a vasculhar no seu passado? Provavelmente não…

Encontre as raízes do problema

Será que no passado foi traído e ainda não aprendeu como esquecer o passado? Talvez essa seja a raiz do seu problema! Por lhe ter acontecido anteriormente, poderá ter medo que isso volte a acontecer. Antes de tentar tratar do seu problema, terá de perceber a origem do mesmo, caso contrário estará a lutar contra algo que não conhece.

Esperemos que estas dicas vos ajudem a lutar contra os vossos ciúmes. São muito afetados por eles? O que fazem para os controlar? Partilhem as vossas histórias connosco!

Deixe um comentário

1 Comentário em "Como lidar com o ciúme numa relação"

avatar
Sort by:   newest | oldest | most voted
Marcos
Visitante

Outro ponto que provoca ciúme é o medo. Medo de perder a posse da outra pessoa, como se isso fosse possível, embora existam alguns casos assim, mas sem dúvidas são casos patológicos. Medo e insegurança nas suas próprias possibilidades de ser.

A insegurança gera a desconfiança em si próprio, que também é fruto de comparar-se a outros. Isto é muito destrutivo num relacionamento. As vezes as pessoas acabam até dizendo que um pouco de ciúme é sinal de amor. O uso discordar, para afirmar que esta desconfiança produz mais separação que união entre as pessoas.

sobre ciúmes?
http://eucontigo.com/relacionamento/dicas-para-evitar-o-ciumes/

wpDiscuz