Juntar ou casar? O que escolher?

Agora está na moda morar junto em vez de casar e já falámos aqui das vantagens e desvantagens de viver junto. Este é o procedimento de muitos casais, que ou por ainda não saberem o que querem para o seu futuro ou simplesmente para pouparem dinheiro com o casamento, optam cada vez mais por esta via. Mas a questão que paira no ar é qual é a diferença entre juntar e casar. No fundo, quando se sobe ao altar, as pessoas dizem que passam de casal a uma família, ou seja, não é exactamente a mesma coisa. Vamos então abordar isso mesmo.

viver juntos

Morar Junto

A ideia de morar juntos antes de dar o passo mais importante da sua vida funciona como um teste. Casar ainda é visto como um ato de maior responsabilidade e compromissos. Desta forma, hoje em dia as pessoas só se casam quando querem ter filhos e constituir uma família. A ideia de perpetuidade e de permanência total com as mulheres ainda não é totalmente lida bem pelos homens, daí eles preferirem morar primeiro junto. Portanto, não apresse as coisas e não os recrimine. Mais vale casar mais tarde do que casarem e passado uns meses ou anos fazerem parte da estatísticas dos divórcios. E, infelizmente, essa estatística tem aumentado.

Cada vez mais pessoas optam por viver juntos e muitas pessoas chegam até a não se casar nunca e mesmo assim conseguem ter uma vida feliz! Com a crise atual por vezes torna-se uma boa solução. Há muita gente que não acredita que é o casamento que liga as pessoas e eu próprio não acredito. Acho que a partir do momento que exista amor tudo o resto é irrelevante.

Casar

Quando um casal decide avançar para um casamento é sinal que tomou a decisão de ficar unido para toda a vida e de querer descendentes. A partir dessa importante decisão, nasce uma sensação de conforto em ambos os intervenientes de paz e certeza que tudo está no caminho e no lugar certo. O casal passa a falar mais em “nós” e começam a deixar de lado o “eu”. Aquele espaço que outrora era apenas seu transformou-se e decorou-se como um casal e passou a ser de ambos. No entanto, a vida de solteiro acabou e mais responsabilidade surgem. E, as partilhas são constantes!

Problema dos divórcios

A causa dos divórcios pode vir dos dois lados, tanto da mulher como do homem. Num casamento ou numa relação ambos passam a funcionar como um só, se uma parte falha a outra parte caí. As mulheres querem uma relação séria e com compromisso, muitos homens fogem a isso. Mas não se trata apenas disso, muitas vezes também é preciso perceber quando o amor se torna uma farsa, isto é, quando se vive uma relação onde já não existe amor. Se passou por um divórcio saiba como o superar.

Gostou do artigo?
Gostavamos de ter o seu apoio no Patreon. Saiba mais clicando AQUI.

Deixe um comentário

avatar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.