A habilidade de ser assertivo – comunicação no relacionamento

Assertividade é uma comunicação clara, firme e direta em que você articula a sua opinião, desejos e necessidades e ao mesmo tempo fica aberto para ouvir a opinião, desejos e necessidades da outra pessoa. É um tipo de comunicação que fica entre a comunicação passiva e a agressiva.

Na comunicação passiva é como se todos pudessem falar menos você. É aquele momento em que você decide se calar e deixar os outros decidirem o rumo da conversa. Isso acontece, por exemplo, numa reunião com os colegas de trabalho em que todos discutem algo importante em relação o projeto que está sendo executado e, para evitar algum conflito, você decide não se manifestar. No máximo suporta outros, mas sem realmente expressar o seu pensamento. Existem outros motivos para o comportamento passivo, como evitar críticas ou rejeição, por exemplo.

A comunicação agressiva é o oposto. Uma pessoa comunica-se agressivamente quando tenta se impor levantando a voz ou dizendo coisas que atacam o outro. Por exemplo, dizer algo como “Você não entende nada desse assunto. Isso que falou não deve ser levado em consideração.”.

Ao contrário da comunicação passiva, na assertividade você traz a tona as suas ideias. Ao mesmo tempo que aceita a opinião dos demais. Constrói-se assim uma solução conjunta com base no diálogo. Uma solução que mais provavelmente será benéfica a todos. É uma atitude que envolve defender o seu lado mas de forma positiva. Não necessariamente concordar com a outra pessoa, mas expressar o descontentamento de forma respeitosa.

Digamos, por exemplo, que você não tenha gostado da maneira como um colega interferiu no seu trabalho. Agir de forma passiva seria engolir a situação e deixar passar. O problema é que isso geraria stress e criaria ressentimento. Por outro lado, agir agressivamente seria dizer algo como “Isto não diz respeito a você. Não se meta no meu trabalho. Você não sabe o que está fazendo.”. A abordagem assertiva seria uma abordagem diplomática onde você chama o colega e mostra como prefere trabalhar em conjunto de forma que fique bom para ambos.

Nós usamos as todas essas abordagens de comunicação ao decorrer dos dias. Dependendo da situação usamos uma ou outra. Mas geralmente tendendo para um dos lados. Pessoas mais tímidas costumam ser mais passivas por acharem mais dificuldade em expressar sua voz. Por isso, é necessário um esforço para melhorar. Assertividade é uma habilidade que requer prática. Pode ser mais fácil ficar quieto ou gritar para os outros. Mas o caminho que trará melhores resultados exige uma comunicação com respeito e participativa.

Como se aplica a assertividade num relacionamento

Muitas das discussões num relacionamento surgem porque nenhuma das partes sabe comunicar ou resolver os problemas de forma assertiva. Como já falei anteriormente no artigo sobre a comunicação num relacionamento, é importante que as discussões não se deixem para resolver no dia seguinte. Resolva as suas discussões na hora.

Os relacionamentos para resultarem é necessário que alguma das partes sacrifique algo para o bem do próximo, sendo que estes sacrifícios, num relacionamento saudável funcionarão como uma balança que se deve manter equilibrada.

Existirão sempre coisas que não gostaremos de ouvir ou que cairão mais mal. É nessas alturas que deverá optar por uma comunicação assertiva e não partir para a agressividade ou simplesmente engolir em seco e deixar passar a situação.

A importância de perceber a assertividade e aplicá-la no seu dia a dia é assim crucial para o bem estar do seu relacionamento. Pense na forma como fala para as outras pessoas, sobretudo quem lhe é querido e perceba como, através da comunicação, pode melhorar todas as suas relações pessoais.

Gostou do artigo?
Gostavamos de ter o seu apoio no Patreon. Saiba mais clicando AQUI.

Deixe um comentário

avatar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.