50 formas de perder o namorado #2

A série que irá juntar 50 formas de perder o namorado continua. Desta feita trazemos mais 10 erros que muitas raparigas cometem e que podem comprometer a relação que têm com o namorado. Por vezes cometemos erros e não notamos que o fazemos. Caso não pretenda perder o seu namorado de propósito (se o quiser fazer também pode usar estas dicas), esta série de artigos poderá ser bastante útil mas exige da sua parte alguma reflexão. Será que cometo este erro? É isto que vocês têm de se questionar raparigas caso não queiram se candidatar a perder o vosso namorado. Bora lá para mais dez.
formas de perder o namorado

Evitar o contacto físico

Se evitar beijá-lo, estar com ele de forma íntima, abraçá-lo e todas as coisas normais que um casal faz ele irá questionar a relação. Esta é uma forma rápida de perder o namorado e por certo você não irá querer que isso aconteça. O contacto físico é essencial, que o digam aqueles que vivem uma relação á distância. Não é tarefa simples, embora seja possível. Mas quando duas pessoas vivem juntas ou se encontram todos os dias e o contacto físico se torna cada vez menor, poderá surgir daí um problema e é por certo um indício que a relação não se encontra bem. 

Evitar ter relações

Assim como o contacto físico também as relações são importantes. Se ela se negar debaixo dos lençóis é porque algo poderá estar errado. Claro que se você quiser todos os dias é normal que ela se negue certo? Estamos aqui a falar de situações que se prolongam por semanas ou quem sabe meses e onde se vê perfeitamente que não se trata de algo normal. Nem todos os homens dão tanta importância a isto (existem mulheres que dão muito mais acreditem), mas é algo normal numa relação e que não estando presente poderá meter a mesma em causa. 

Fazendo sobressair os defeitos dele

Se você passar o seu tempo a apontar os defeitos dele sem nunca reconhecer as suas capacidades o mais certo é que acabe por perder o seu namorado. Todos nós temos qualidades e todos nós temos defeitos. Passar a maior parte do seu tempo a apontar os defeitos dele é uma atitude de quem não se consegue olhar ao espelho. Lembre-se que foi você que escolheu a outra pessoa, sendo assim é normal que já tenha conhecimento dos defeitos dele. Tem de ficar a falar deles a toda a hora? Provavelmente a relação seria melhor se não o fizesse. Pense nisso. 

Sendo sarcástica ou irónica

Da mesma forma se passar o seu tempo a ser sarcástica ou irónica nas suas conversações também não chegará a nenhum lado. Acha que o seu namorado terá algum interesse em falar consigo se você não for ligar a nada que ele diga e achar que tem sempre a razão e que pode dizer o que simplesmente lhe apetecer? Provavelmente não. Guarde a ironia de lado e aprenda a ser direta. Por vezes é melhor dizer logo as verdade do que viver uma vida a dizer indiretas à espera que a pessoa perceba. 

Causar discussões

Ninguém gosta de discussões sobretudo quando são por nenhum motivo que as justifique. Sabem aquelas discussões sobre coisinhas tão pequenas que nem deveriam ter começado? Existem imensas assim e as mulheres parecem apreciar muito este tipo de discussão porque as alimentam até chegar a um ponto onde o homem desiste e acaba por dar a razão. Nenhum homem gosta deste tipo de discussões (deste e de qualquer outro) e a sua relação será muito mais saudável sem discussões. Claro que é impossível viver uma relação sem discutir e algumas discussões até são bastante saudáveis, mas tenha cuidado que poderá estar a comprometer a sua relação. 

Fazer ver que ele é o culpado

Pior do que discutir é não saber admitir que foi você a começar a discussão ou a causadora da mesma. As pessoas têm muito este feitio de tentar culpabilizar a outra pessoa. De dar a volta de tal maneira às coisas que leve a outra pessoa a pensar que está errada, mesmo não estando. As mulheres fazem isto com frequência, são peritas em mudar o jogo. O problema é que estes jogos não resultam com todos os rapazes e mais tarde ou mais cedo poderá acabar por se dar mal. 

Pensar que tem sempre razão

Meta de uma vez por todas na cabeça: nenhuma pessoa tem sempre a razão! Todos nós erramos e ainda bem porque assim aprendemos com os nossos erros (talvez 20% das vezes). Se você viver com uma atitude autoritária do “sei tudo, eu vou estar sempre certa”, acredite que ninguém a conseguirá aturar. Já pensou o que é discutir um assunto com uma pessoa assim? Mais vale desistir ao início porque é tão casmurra que nunca aceitará uma opinião contrária. 

Sendo ciumenta 

Os ciúmes podem matar qualquer relação. A falta de confiança leva a relações baseadas na desconfiança e a desconfiança leva aos ciúmes. Um pouco de ciúmes é normal e não faz mal nenhum à relação, até pelo contrário, prova que existe amor. Mas tudo o que é demais enjoa. Se for uma namorada que fica roída de ciúmes quando ele vai sair com amigos. Uma namorada que pergunta sempre “quem era aquela”, sempre que ele cumprimenta uma rapariga. Então provavelmente deverá começar a pensar em controlar-se, caso contrário ele poderá achar que você estar a invadir demasiado o mundo dele. 

Sendo um pouco paranoica

Pior do que ser ciumenta é ser paranoica e imaginar coisas onde elas não existem. Todas as pessoas têm um pouco desta paranóia, o problema é quando ultrapassa os limites. Sabe quando você garante que foi sair com amigos e ela teima que você esteve com mulheres quando não foi nada disso que aconteceu? E quando ela começa a ler os seus emails? E as suas mensagens? Existem graus de paranóia de todos os níveis e para ser sincero não vejo como uma relação assim possa aguentar. 

Olhando para outros rapazes

Tal como os homens olham para as mulheres e elas não gostam. As mulheres também olham para os outros homens e como é óbvio o namorado não deve achar muita piada. Embora isto não seja uma razão para se acabar a relação, poderá ser causadora de discussões ou pensamentos errados. Será que ele é melhor que eu? Por que razão ela olha para ele? 

Confira mais desta série: 50 formas de perder um namorado #1
Não perca também a outra edição: 50 formas de perder a namorada #1 / #2 / #3 / #4 / #5

Gostou do artigo?
Gostavamos de ter o seu apoio no Patreon. Saiba mais clicando AQUI.

Deixe um comentário

avatar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.