Evitar erros numa relação amorosa

Fazer com que alguém se apaixone por nós ou conseguir entrar numa relação nem sempre é fácil. Quando isso acontece por certo que ultrapassámos uma etapa, mas é apenas uma etapa do longo caminho que temos pela frente. Nem sempre é fácil fazer com que a relação funcione em pleno, porque várias vezes esquecemos que é tudo uma questão de compreensão. Claro que muitas vezes temos atitudes que podem conduzir a problemas no nosso relacionamento, umas mais que outras, mas hoje decidi focar-me em três pontos que na minha opinião são bastante relevantes.

evitar erros numa relação amorosa

Como evitar erros numa relação amorosa?

Assumir que ambos pensam da mesma forma – As suposições na maior parte dos casos não resultam da forma como anteriormente havíamos suposto. Isto pode parecer-vos redundante mas passo a explicar. Não é certo criarmos uma imagem de alguém que ainda não conhecemos em pleno (mesmo duvidando que seja possível conhecer alguém de forma plena, mas supondo), pois essa imagem na maioria das vezes está completamente errada. Por vezes torna-se até difícil ou inútil avaliarmos a outra pessoa ou criarmos uma imagem da mesma, sem nunca o termos feito com nós próprios ou nos conhecermos minimamente. Resta ainda salientar que quantas mais expectativas criarmos sobre um determinado assunto maior será a chance de nos desiludirmos caso isso não aconteça. Pensem nisso e tirem as vossas próprias opiniões.

O mesmo não significa que não devam sonhar para além do que o terreno das coisas vos proporciona. O amor é mesmo assim e quem tiver medo de perder ou da deceção nunca terá capacidade de amar. O que seria o amor sem o sonho? O que seria amar se amássemos apenas o que a nossa razão nos permite e não conseguisse-mos fazer o nosso coração falar? O amor está presente no mistério que a outra pessoa é para nós e magicar sobre esse mesmo mistério é basicamente algo mágico. Devem amar sim. Devem supor sim. Devem igualmente criar expectativas, o medo de perder e da deceção existe, mas imaginem o que será o sabor da vitória!

Nunca discutirem – Muitos podem pensar que o facto de ter colocado nesta lista de erros “nunca discutirem” ser propriamente um erro mas já vão perceber o porquê. Discutir é algo natural em qualquer tipo de relações e não tem de ter necessariamente um caráter negativo. Já mostramos aqui antes num artigo como pode discutir como um profissional, e este ponto não vai muito para além disso. Por vezes o facto de um casal nunca ter discutido pode ser sinal que tem guardado várias coisas no seu interior que pode até não concordar apenas para evitar uma discussão, isto pode parecer bem se pretende segurar a sua relação, mas na verdade isto apenas parece bem na teoria porque na prática só servirá para criar em si um sentimento de frustração, por não expor os seus problemas. No fundo o que acontece numa situação dessas é que se torna desonesto com a outra pessoa e também consigo próprio. Não estou a sugerir que deve aumentar as suas discussões estou sim a sugerir que deve debater os seus assuntos e preocupações com a sua cara-metade. Não existe nada melhor do que uma discussão aberta de ideias para o bem de qualquer relação seja esta de amizade ou amor. Compreender os diferentes pontos de vista da outra pessoa e por que razão os defende, pode ser algo crucial para a compreensão de ambos como casal e para a criação de uma maior confiança na mesma;

http://fc09.deviantart.net/fs40/f/2009/010/9/f/Fight_CLub5_by_Grinch7.jpg

Não mostrar suporte – Muitas pessoas tendem a não mostrar interesse em relação os assuntos que não se encontram englobados dentro dos interesses que ambos partilham em comum, mas apenas apoiarmos alguém nos interesses que nós também partilhamos tem um nome e chama-se egoísmo. Muitos escritores defendem que se a pessoa for escritora ou praticar algum desporto você deveria ler pelo menos algum texto deles ou ver algum dos seus jogos, respetivamente, e mesmo não percebendo nada do assunto tratado devê-lo-ia apoiar dizendo-lhe que está a fazer um trabalho excelente. O sentimento calmo não apoia isso! Isso é sermos falsos na sua pureza extrema! Torna-se mais importante quando as coisas são feitas de forma espontânea e o interesse é realmente sério! Para isso torna-se crucial tentar perceber porque não apoia a outra pessoa numa determinada atividade para perceber o que está errada e por que razão não o faz. Quem sabe não apoie a outra pessoa pelo simples facto de não perceber em concreto o que ela faz ou de que forma é que isso é positivo e gratificante para ela.

Mas o apoio não passa apenas pela parte profissional ou pelos seus hobbies, passa sobretudo pela sua vida pessoal. O apoio passa pelo facto de ser capaz de ouvir esta pessoa. De conseguirem partilhar opiniões e de sentirem que essa pessoa é um “porto de abrigo” pronto a fazer-vos rir mas também recetivo a dar o seu ombro para você chorar. Se você não recebe este apoio o mais natural é que procure outra pessoa que seja capaz de o dar. Mostrar ser um suporte para a outra pessoa é assim crucial para o bom funcionamento de uma relação e até para o seu desenvolvimento natural.

Evitar erros numa relação amorosa é crucial para o sucesso da mesma, razão pela qual o sentimento calmo procurou enumerar os vários erros e perceber o que desgasta o amor. Comecem hoje mesmo a corrigir os vossos erros e melhorem a vossa relação.

Deixe um comentário

11 Comentários em "Evitar erros numa relação amorosa"

avatar
Sort by:   newest | oldest | most voted
Rubia Conrado
Visitante

tá certo amado ! compreendi

Nuno Lopes
Visitante

Simplificando, por muito que tentemos não escapamos aos erros. E na Cîencia, como, nos Erros… não existem Fórmulas exactas (julgo). 🙂

Nuno Lopes
Visitante

Está calmo por aqui, nada de chatisses! 🙂 Deixa-me fazer um reparo às minhas útimas paralvra que foram escritas por telemóvel e selecionou algumas palavras de forma errónia o que talvez não esteja de forma tão esclarecedora ou como me queria fazer entender. 😉

Rubia Conrado
Visitante

TA BRAVO ???????

Nuno Lopes
Visitante

Portais conselhos, explicações, tentativas,eles nuca se escapam. E por mais que apareça um que julgamos que aprecemos com outros somos propícios a comete-lo na mesma, pois por mais que aparente nenhum erro será tão igual de nenhuma forma a algum outro que pensemos. 😉

wpDiscuz