Dicas rápidas para relações

No que toca à sua relação nenhuma dica é demais, sobretudo se for para garantir que a sua relação se dá sem problemas e se mantém forte ao longo dos anos. O que nós queremos garantir é que conseguirá ter uma boa relação, resolvendo simples problemas que veremos de seguida. Tenha então em atenção as nossas dicas rápidas para relações.

dicas rápidas para relações

Os meus amigos não o suportam – É um problema frequente. Começa a sair com um rapaz e os seus amigos não gostam. Talvez sintam ciúmes mas também pode ser por uma razão simples, não combinam. Observe como se tratam quando estão todos juntos e fale com eles com toda a franqueza. Não os deixe ser injustos e pense principalmente no que é melhor para si. Quanto a ele, e usando de muita diplomacia, faça-lhe saber que os seus amigos ficam incomodados com as atitudes dele. Seja como for nem tudo tem de ser comum: realizar atividades separadamente não só não prejudica a relação como a pode enriquecer e beneficiar.

Tenho medo – Depois de um fracasso sentimental nada mais natural do que ter medo de uma nova relação. Ao fim e ao cabo passa-se um mau bocado e sente-se pânico só de pensar que pode voltar a acontecer o mesmo. É preciso no entanto evitar a todo o custo que esse medo nos domine e imobilize, pois assim será impossível estabelecer uma nova relação afetiva gratificante. Pense em todos os casais que funcionam bem e que, da proxima vez, não é obrigatório que as coisas corram mal.

A sós consigo própria – Acabou de se separar? Rompeu com o seu companheiro? Todas as pessoas que passam por essa situação são invadidas por sentimentos de medo, depressão, desconforto, solidão, etc. É natural pensar no passado e sentir saudades daquela pessoa a quem esteve tão unida. Mas tudo passa. A primeira coisa a fazer é assumir a solidão e recuperar a capacidade de agir por si, sem se agarrar à primeira pessoa que lhe apareça. E, principalmente, não se feche em casa, lembrando outros tempos. Deve estar receptiva a novas relações.

Apaixonada por um colega – Embora as relações com colegas de trabalho não sejam muito bem vistas e possam trazer alguns problemas, quem pode evitar que o amor surja? Não é preciso fugir, mas será aconselhável manter segredo ao princípio, até que a relação se estabilize, principalmente para evitar os inevitáveis comentários. Também é importante tentar que a relação não interfira com o rendimento laboral e obviamente não fazer qualquer tipo de distinção no campo profissional.

É um ultimato? – Por muito mal que estejam as coisas evite a todo o custo fazer um ultimato do tipo “se te fores embora não te lembres de voltar” ou coisa parecida. Esse tipo de atitudes ainda que ao principio a façam sentir muito forte, acabam por se voltar contra si, principalmente se ao fim de alguns dias tem de voltar com a palavra atrás.

Idades diferentes, sentimentos iguais – Ainda que seja óbvio que pessoas de idades muito diferentes têm interesses, expetativas e objetivos diferentes, o êxito de uma relação depende muito mais dos sentimentos, do amor, das características de cada um e de coincidam nos seus desejos para o futuro. Se está unida sentimentalmente a uma pessoa muito mais velha – ou mais nova – não olhe para o que vos separa mas sim para o que vos une. Veja também os mitos sobre as diferenças de idade numa relação.

Depois da lua de mel – O que foi uma relação romântica e apaixonada tornou-se numa fonte de discussões triviais: desde quem tem de lavar a loiça, até onde se deve guardar o detergente, tudo é motivo de discussão. Esta situação ocorre frequentemente. A “aterragem” que pressupõe a vida em comum costuma provocar problemas que quase nunca chegar a ser importantes. É importante que consigam dar tempo um ao outro para se adaptarem e tudo irá correr sobre rodas.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

avatar
wpDiscuz