Dicas de beleza para o corpo

Continuamos fortes e com o nosso tema centrado nas mulheres. Já escrevemos aqui algumas dicas rápidas de beleza para a sua boca e pescoço. Continuamos com as mesmas dicas e desta vez dicas de beleza para o corpo. Não queremos menosprezar nenhuma parte do corpo, por isso contem com ainda mais artigos, num mês exclusivamente dedicado às mulheres.

dicas de beleza para o corpo

Banho e duche à temperatura ideal – Nada melhor para o corpo e para o espírito do que um bom banho. Mas não se esqueça de regular a temperatura da água segundo os efeitos que pretenda obter. De 24 a 37 graus ajudará a descarregar tensões logo, a descontrair-se. Ideal para dormir como um bebé. Quanto ao duche, graduar a água para os 18-24 graus será um excelente estimulante para despertar e reanimar. O começo perfeito para um bom dia.

Produtos variados – Existem no mercado diversos produtos específicos para o banho: tonificantes, estimulantes, relaxantes, etc. Todos eles muito apetecíveis. Não se prive deles mas, limpe muito bem a pele no final, para que não fique qualquer resíduo de espuma que a possa secar. É igualmente indispensável o uso de uma luva de crina que reative a circulação sanguínea.

Perfume-se com frescura – No Verão tente evitar os perfumes densos ou demasiado intensos. Em vez deles prefira os frescos e de aromas florais. Uma novidade verdadeiramente original: os novos perfumes “oceânicos”, cujas fragrâncias se tornam muito atraentes.

Legumes contra as toxinas – Nada melhor para a sua beleza do que manter o seu corpo saudável e liberto de toxinas. Como consegui-lo? Eis uma ótima sugestão: quando cozer legumes não deite fora a água. Beba um copo dela. É dos depurativos mais eficazes.

Costas lisas – Se descobrir que as suas costas têm pontos negros, borbulhas ou inflamações, prepare este tónico: misture sumo de tomate, de limão e glicerina até obter uma emulsão muito fluida e aplique-a após o banho ou duche.

Nádegas firmes – Não é muito fácil conseguir mante-las em forma, mas existem exercícios que dão um importante contributo para o efeito. Um exemplo: sente-se no chão com as pernas esticadas, as costas direitas e os braços cruzados à frente do peito. Percorra, assim, o corredor da sua casa, caminhando com as nádegas. Não é muito bonito nem divertido, mas é verdadeiramente eficaz.

Direita e com estilo – Quando puder dispor de um pedaço de tempo aproveite-o para caminhar com os pés descalços e com um livro grosso na cabeça. É um sistema antiquíssimo mas que , no entanto, continua a ser o mais eficaz para se habituar a andar direita e a ter sempre uma postura correta: indispensável para manter as costas em forma.

Barriga à prova de fogo – A barriga é uma zona de grande fragilidade. Para que ela se mantenha em forma descontraia-se, particularmente durante as refeições, pois assim ajudará a combater os inchaços produzidos pelas más digestões e pelo stress. Não se esqueça, também, das massagnes com cremes reparadores, da ginástica e de uma alimentação saudável. Um truque: em qualquer situação, enquanto lê, escreve ou faz as suas tarefas domésticas, acostume-se a contrair os músculos abdominais.

Braços: esfoliação, cremes e massagens – A pele dos braços necessita dos mesmos cuidados que o resto do corpo. Para que fique impecável faça uma esfoliação suave de quinze em quinze dias e, no duche, use sempre uma luva de crina. Não deixe de a hidratar diariamente e, se aproveitar o momento de espalhar o creme para realizar uma automassagem, conseguirá, de uma só vez evitar a flacidez.

Atenção aos cotovelos – Por ser uma parte dos braços que mal vemos, os cotovelos costumam ficar esquecidos e acabam ressequidos e escuros, tornando feio o conjunto dos nossos braços. Para que isso não aconteça coloque, todos os dias e durante alguns minutos, meio limão em cada cotovelo. Depois passe-os muito bem por água e aplique um creme hidratante gorduroso. Assim conseguirá obter uma pele suave e uma pele clara.

Ombros para trás – Para manter os seus braços e costas em plena forma é um hábito saudável andar sempre com os ombros para trás. É também muito conveniente descontraí-los várias vezes ao dia. Para isso, nada melhor do que deixar os braços pendurados, fazendo-os oscilar durante alguns segundos.

Quando não puder nadar – Não há nada melhor para as costas do que praticar natação frequentemente. Mas, quando não o poder fazer, anote este exercício: dobre os braços e coloque as mãos sobre as costelas. Nessa posição empurre várias vezes os cotovelos para trás, vigorosamente.

Gostou do artigo?
Gostavamos de ter o seu apoio no Patreon. Saiba mais clicando AQUI.

1
Deixe um comentário

avatar
0 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Recent comment authors

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

newest oldest most voted