Mudar por amor – Será possível?

6

Existem vários motivos que podem levar a uma mudança por amor. Seja pela extrema incompatibilidade de ideais ou pela necessidade de integração, existem pessoas que sentem a necessidade de se ajustar as circunstâncias relacionadas com o seu parceiro de modo a haver entendimento entre o casal e o seu meio envolvente. Mas será que essa mudança poderá resultar a longo prazo? Saiba com o nosso artigo se devemos ou não mudar por amor.

mudar por amor

Como dita a célebre fase, os opostos atraem-se. Mas será que devemos mudar por amor e alterar aspetos que até hoje levámos como máximas nas nossas vidas? O nosso artigo de hoje pretende precisamente desvendar os segredos por trás da mudança por amor e de que modo esta poderá afetar a vida do casal mas também a vida do próprio individuo. Comecemos então por explorar quais os tipos de mudança que podem acontecer devido a uma relação amorosa:

Quando a mudança é relativa à personalidade

Quando a mudança acontece e afeta a personalidade do individuo existem sempre vários aspetos a ter em conta. É claro que uma ligeira mudança poderá acontecer, convivemos em sociedade e para interagirmos com pessoas com diferentes personalidades devemos ajustar-nos um pouco, mesmo sem perder a opinião própria e a individualidade pessoal. Saber respeitar é um claro exemplo. Por outro lado existem pessoas que optam por mudar radicalmente por influencia da relação amorosa. Nestes casos a pessoa é levada a mudar grande parte ou quase a totalidade dos seus ideais, havendo um corrompimento com os ideais e práticas anteriores. Aí, com certeza que haverão conflitos internos pois ninguém consegue mudar repentinamente. Esta mudança é sem dúvida acompanhada de uma perda da individualidade pessoal e dos valores próprios, que caracterizam cada ser e o distinguem dos outros.

Quando a mudança é a nível físico

A mudança a nível físico geralmente advém de um desejo de integração social. Quando decide adotar uma postura longe da que revelava anteriormente fique desde já a saber que mais cedo ou mais tarde a sua verdadeira identidade aparecerá. Esta ideia não significa que cada pessoa não se consegue ajustar a várias normas com vários códigos, pelo contrário. O ser humano como um ser versátil é capaz de se adaptar a todas as condições sociais, contudo esse facto não implica que tenha de haver uma mudança constante no físico e na postura do individuo.

Estas mudanças, tanto a nível psicológico como a nível físico podem trazer algumas consequências, tanto positivas como negativas para o próprio individuo como até para a própria relação amorosa. Conheça então quais as consequências de uma mudança por amor:

A perda de individualidade própria

Mudar por amor pode aparentemente facilitar a tarefa da integração e da convivência social com o parceiro e o seu meio envolvente contudo leva consequentemente a uma mudança propositada e a uma perda de individualidade que tanto caracteriza o ser humano. Somos todos diferentes e por isso não é viável uma tentativa de aproximação ou imitação de alguém, por mais ideal ou perfeito que isso pareça.

O nosso conselho
Mantenha a sua individualidade própria mesmo que tenha de se adaptar a diferentes circunstâncias. Nunca simule uma personalidade ou uma atitude que não é a sua. Para além de estar a enganar o seu parceiro estará a enganar-se a si mesma e a mentira poderá desgastar o amor entre casal. Seja autêntica e seja amada pelo que realmente é.

Conviver em sociedade implica alterações constantes

É certo que a convivência em sociedade implica alterações e  adaptações, contudo essas mudanças devem ser naturais e espontâneas e não propositadas com o único objetivo de parecer integrada. Para além de não estar integrada estará a mostrar uma falsa faceta, que inevitavelmente se descobre, quando a sua verdadeira personalidade se revelar. Não há nada melhor que a verdade, portanto, seja sincera.

Afinal devemos ou não mudar por amor?

A resposta é simples: Não deve mudar por ninguém se não por si mesma e quando sente necessidade. Quando algo está mal na nossa vida é óbvio que devemos mudar o que tenha que ser até que nos sintamos bem. Quando à mudança por amor, não deve de todo simular alguém que não é, para além de estar a prejudicar toda a relação poderá perder alguém demasiado importante na sua vida.

É importante voltar a frisar que é perfeitamente compreensível uma adaptação a uma realidade que não a sua, afinal somos seres sociáveis e necessitamos de conviver em todos os meios e todos os contextos, contudo essa adaptação não deve tornar-se numa falsificação da sua personalidade. Devemos mudar por amor tudo que sentirmos necessidade de mudar, ainda que para bem do individuo como para o bem do casal, sem implicar ações forçadas. Seja você mesma e seja feliz, amando o outro e sendo amada como é.

6
Deixe um comentário

avatar
5 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
CelsoTalita Pereira da SilvaSamuelSentimento CalmoAlan Ribeiro Recent comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

newest oldest most voted
Celso
Visitante
Celso

A personalidade não muda. Mas o comportamento pode e deve mudar! Isso é sinal de evolução. Todos temos falhas. Algumas delas chegamos até a considerar virtudes. Até que alguém com uma visão diferente, às vezes mais apurada no assunto específico, muitas vezes por amor a nós, nos mostra um outro caminho, um outro modo de se comportar, de agir e até de ver as coisas. Por exemplo, um viciado pode se vangloriar do seu vício. Porém, como todo excesso, esse vício, certamente, o está prejudicando. Então alguém que o ame ou que apenas goste dele como ser humano poderá aconselhá-lo… Read more »

Talita Pereira da Silva
Visitante

Vejo q o mundo esta repleto de homens e mulheres, mudar pra q? se podemos encontrar alguém q nos aceite como somos?! tive um relacionamento em q só esperaram mudanças de mim, e o que eu era? não o conquisto pelo q sou? isso é foda demais.. mais cada um com seu tuin… bye

Samuel
Visitante
Samuel

As pessoas simplesmente não mudam. Você dá uma chance, ocorre uma leve mudança no comportamento, mas depois volta á ser como antes. E você será machucado de novo. E porque mudariam? Você deve escolher com quem se relacionar, se há compatibilidade, ideais em comum e as vidas seguem num rumo semelhante, dará certo, caso contrário, esqueça e parta pra outra. Mulheres não mudam, fingem.E homens não mudam, se especializam em omitir.
Velhos hábitos e velhos vícios, nossos maiores defeitos. E incorrigíveis.

Sentimento Calmo
Visitante

Tem razão Alan Ribeiro mas esses hábitos no fundo também acabam por definir uma pessoa e muitos não estão dispostos a mudá-los, embora que em alguns casos tenha mesmo de ser necessário. Abraço amigo.

Alan Ribeiro
Visitante

Mudar por amor muitas vezes é necessário. E acho que é plausível a mudança por alguém sim, desde que isto não mude sua individualidade. Mas existem mais tipos de mudança do que as que estão listadas aqui no artigo. Por exemplo: Será que um cara que bebe, fuma, mente e trapaceia não pode mudar tudo isto pelo amor de uma bela mulher? Existem coisas que são de nossa personalidade.. E não devemos mudar por alguém a nossa personalidade… Mas existem coisas que são nossos habitos e estes sim, se estiverem nos prejudicando, precisam ser mudados. Independente de ser por alguém… Read more »