Como conhecer pessoas sendo pais solteiros

Por vezes os pais solteiros têm receio em procurar conhecer pessoas. Pensam muito nos seus filhos e muito pouco neles próprios e acabam por passar os anos e continuarem sozinhos. Sair com uma mãe solteira ou com um pai solteiro é diferente porque é sempre importante incluir os filhos na sua relação, e nem sempre a outra pessoa está interessada em namorar uma pessoa que já traga “bagagem” consigo. Por essa razão por vezes é complicado arranjar um encontro se se encontrar numa situação semelhante, mas não é impossível e por vezes só depende de si, conseguir ou não.

O tempo divide-se entre as tarefas diárias, entre cuidar dos filhos e de tudo o que os envolve. Mas onde entra você aí? Onde está o tempo para si e para a sua vida sentimental? Terá de ser criado… Tem de perceber que para além de ser uma mãe ou pai é também uma pessoa que precisa de interação social e interação para além da que estabelece com os seus filhos. Por isso o que hoje trazemos são dicas para poder conhecer pessoas mesmo tendo filhos.

conhecer pessoas sendo pais solteiros

Saiba escolher os sítios

Para poder conhecer pessoas novas é necessário que saiba escolher os sítios que frequenta. Tem de escolher sítios diferentes, mas orientados para adultos. Sendo assim não estou a dizer que vá frequentar bares de adolescentes ou outro tipo, porque não será certamente num local assim que poderá conhecer alguém interessante para a sua vida. Refiro-me a um passeio no parque, se gostar de ler pode também visitar a biblioteca, etc. Por vezes até um passeio no parque com os seus filhos pode servir para conhecer pessoas novas e fazer novas amizades. Saiba escolher os sítios corretos e provavelmente também irá encontrar as pessoas corretas.

Seja honesta(o) em relação aos seus filhos

Muitos pais tentam esconder o facto de terem filhos quando conhecem alguém para evitar que sejam rejeitados, mas deve evitar a todo o custo fazer isso. Pensa que ia resultar isso? Nunca na vida! Se a relação fosse para a frente a pessoa claro que ia saber e depois ia sentir-se traída e enganada e provavelmente tudo o que tinha construído ia pelo cano abaixo. Seja aberta e honesta em relação aos seus filhos, diga que os tem e que tem orgulho nisso mesmo! Não deixe que a relação se crie em falsas expetativas, seja sempre verdadeira em relação a isso e as coisas correrão muito melhor. A pessoa tem de gostar de si exatamente como é, por isso pense nisso.

Não finja ser alguém que não é

Isto acontece muitas vezes a pais que já não estão habituados aos encontros, que tentam inventar ser o que não são apenas para impressionar a outra pessoa. Errado! Você é quem é e ponto final. Não tem de ser mais ninguém para além da pessoa que é. Você é a pessoa que acabou de sair de um divórcio ou que acabou de perder a relação que tinha e nada mais do que isso. O seu dia a dia consiste em cuidar dos seus filhos e dar-lhes o melhor que conseguir e deve de todo ter orgulho nisso mesmo! Tenha orgulho em quem é e sobretudo de todos os obstáculos que conseguiu ultrapassar ao longo da sua vida! Não tente nunca ser ninguém que não é! A verdade vem sempre ao de cima e pode ser bastante dura.

Fale com os seus filhos ao longo do processo

Tal como você não vai querer mentir ao seu possível parceiro ou parceira, também não vai querer mentir aos seus filhos e esconder uma possível relação que possa vir a ter. Se está novamente a ter encontros com alguém deixe os seus filhos saber e assim poderá também saber qual a opinião deles no assunto. Não vai querer por certo arranjar problemas com os seus filhos, por isso não há nada melhor do que a sinceridade na vossa relação para que tudo corra bem ao longo do processo e para que a relação possa dar frutos um dia mais tarde. Explique que vai sair com alguém em vez de partir para as desculpas nada sinceras. No futuro e com precaução vá incluindo os seus filhos no processo.

Tenha a certeza que é certo antes de envolver as crianças

Esta é crucial, deve ter a certeza que a relação é séria e a pessoa igualmente antes de pensar envolver os seus filhos na relação, caso contrário pode ser uma desilusão tanto para si como também para os seus filhos. Não faz sentido nenhum os seus filhos conhecerem uma pessoa que está apenas de passagem e que não tem intenções de ficar por muito tempo na sua vida. Saiba escolher as pessoas e o que esperar da sua relação antes de pensar envolver as crianças.

Leve as coisas com calma

Não vai querer parecer desesperado ou desesperada! Leve as coisas com calma e não caía nos braços da primeira pessoa que lhe aparece à frente. Os tempos de juventude já passaram à algum tempo! Agora é uma pessoa responsável, com ambições e desejos e também expetativas em relação à outra pessoa. Por isso não deve de todo apressar as coisas. Dê tempo ao tempo. As coisas acabarão por acontecer. Saiba que não é numa semana que se conhece bem uma pessoa, muito menos num mês. Tudo leva o seu tempo, por isso saiba esperar o tempo certo para cada coisa na sua vida.

Evite os mesmos erros

Não me importa saber porque razão a sua relação não funcionou, porque pode ter sido por uma gigantesca lista de razões. O que me importa é que não volte a cometer os mesmos erros na nova relação! Não vai querer cometer os mesmos erros duas vezes certo? Já deve ter aprendido com os erros que cometeu na sua vida ao ponto de não os voltar a repetir e conseguir ter uma relação saudável, ou estou errado?

O passado já passou

O passado já lá vai, você agora vive o presente e o presente será diferente do passado. Saiba esquecer o passado e aprenda a viver o presente para construir um melhor futuro. Estar sempre a trazer o passado para o seu presente só irá dificultar a sua vida e afastar possíveis pretendentes. Meta o passado para trás das costas e faça um esforço para confiar na nova pessoa que conhecer e mostrar real interesse por si e também pela “bagagem” que trás! Não se deixe iludir pelas aparências.

Faça tempo para sair caso contrário nunca encontrará ninguém

Se não fizer um esforço para sair de casa e estar com alguém, provavelmente nunca irá conhecer ninguém na sua vida e irá continuar assim para sempre. Não digo que disponha de todo o seu tempo, mas tente arranjar um espacinho para estar com a pessoa que conheceu, caso contrário a relação não poderá nunca progredir.

Não perca tempo com pessoas que nada têm em comum consigo

Não adianta estar a forçar as coisas. Ou se sente amor e carinho ou não se sente. Ou se gosta da pessoa com que estamos ou não gostamos. Se sair com uma pessoa que pura e simplesmente não tem nada a ver consigo, provavelmente só irá acabar por se fartar ou continuar uma farsa e a fazer coisas que a si não lhe dizem absolutamente nada. Seja sincera consigo mesmo e também com a outra pessoa. Se não é a pessoa certa para si, seja direta e parta para outra.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

avatar
wpDiscuz