Sentimento Calmo - O seu portal de amor e relacionamentos




Há pouco tempo falamos aqui no Sentimento Calmo de uma situação que pode contribuir para destruir a sua relação, nomeadamente a falta de comunicação numa relação. Hoje decidimos nos debruçar num problema diferente do anterior, mas que se encontra relacionado. Hoje vamos falar sobre as relações passadas e de que forma estas podem destruir uma relação. Como vimos anteriormente um casal deve falar de vários assuntos, como forma de se conhecerem melhor e de evitarem possíveis discussões geradas no seio da relação. Entre os assuntos a ser falados existe o das relações passadas que muitos defendem que deve ser um assunto a ser tratado e muitos outros acham que não, porque acreditam ser apenas causador de problemas. Vamos ver então cada aspeto em particular e saber se é algo bom ou um destruidor da relação.
como destruir uma relação

Falar ou não falar das relações passadas

  • Conhecer mas não julgar – Existem pessoas que por mais que sofram com o passado dos outros, gostam de o saber. É perfeitamente compreensível querermos saber o passado da pessoa com quem nos encontramos no presente. Conhecer o passado pode ser importante mas não devemos nunca julgar o passado da outra pessoa, isto é, se não quisermos ser julgados de volta. Conhecer ou não conhecer o passado da pessoa que amamos deve ser uma decisão de cada um de vocês. O importante é conseguir que esse mesmo passado não interfira com o presente, porque se isso acontecer pode comprometer a sua relação.
  • As relações passadas pertencem ao passado – O passado existiu e transformou-nos em quem nós somos no presente, mas tal como o nome indica, o passado é passado. Muitas vezes o coração nos engana ou somos nós próprios que nos enganamos nas pessoas que escolhemos para iniciar uma relação. Ninguém nos garante que a pessoa com quem nos encontramos seja perfeita ou vista como  ideal para nós para sempre. As pessoas mudam e essas mudanças podem ir contra os nosso princípios. Julgar uma pessoa pelas suas relações passadas pode ser um grande erro. Todos nós somos passíveis de errar e de escolher as pessoas erradas. O que importa é perceber se no presente estamos com a pessoa certa e de conseguirmos utilizar o passado para tentar o máximo possível não errar no presente ou cair nos mesmos erros do passado.
  • Aprender com o passado –  Todos erramos mas nem todos conseguem aprender com os seus erros. Existem pessoas que erram e voltam a cair no mesmo erro, porque simplesmente não conseguem perceber o que fizeram de errado para poder não cometer o mesmo erro. É importante perceber que o passado é passado, mas também que o podemos usar para construir um melhor presente. Aprenda com os erros que cometeu no passado e se quiser manter uma nova relação forte corrija esses mesmos erros.
  • O passado passou e não resultou – A prova que o passado já passou é que se alguma das relações passadas tivesse funcionado atualmente essa pessoa não estaria consigo! É nisso que deve pensar quando lhe passar pela cabeça a sensação de ciúmes, de algo que não tem razões nenhuma para sentir ciúmes.  Se essa pessoa se encontra consigo, supostamente e falando de pessoas sinceras é porque o(a) ama, portanto deve estar grato(a) disso e retribuir. Ficar preso no passado é um erro porque irá impedir que viva o seu presente.
Esta é mais uma das coisas que pode destruir a sua relação se não se souber a melhor forma de lidar com isto mesmo. Aprenda que o passado é passado. Que o presente é seu e da pessoa com quem está. Que deve investir no presente para o passado seja apenas uma página virada do livro de amor da vossa relação.
24 anos, licenciado em jornalismo e interessado no mundo online. Não se considera um webmaster mas sim um blogger, interessado na temática do amor e relacionamentos que explora desde 2008. Interessado em contribuir para uma blogosfera melhor.
comments powered by Disqus
Tema WordPress exclusivo por Sybo (C) 2008 - 2014 Sentimento Calmo | Todos os Direitos reservados