Como a tecnologia matará a sua relação

O mundo está em constante mudança e nem todas as pessoas se adaptaram a um mundo pautado pela tecnologia da mesma forma, assim como algumas pessoas ainda não perceberam o quanto o excesso de tecnologia pode ser prejudicial para a saúde das suas relações. A tecnologia é cada vez mais responsável por atrapalhar a vida de montes de casais que não sabem conjugar a vida virtual com a sua vida real, ou não sabem a qual devem dar maior importância.

É necessário que consigam perceber que a tecnologia é útil para nos ajudar no dia a dia, mas que não deve de todo afetar o modo como estabelecemos as nossas relações. Uma conversa por facebook, “atrás de um ecrã”, não irá nunca substituir a relação frente a frente e se algum dia substituir, tenho pena em dizer que já não faço nada neste mundo, porque seria um cenário muito negro, de como o homem se subjugou ás tecnologias.

tecnologia matar relação

Comunicação Portátil

Muito longe vão os dias em que as pessoas sofriam por falta de comunicação, onde a comunicação por telefone ou internet como nos dias de hoje não existe e onde as relações à distância eram bem mais complicadas. Agora muito facilmente seja através de mensagens ou até de chamadas ou até por webcam na internet temos um mundo completamente novo, onde as distâncias se esbateram e tudo se tornou mais fácil. Mas as coisas mudam de figura quando está lado a lado com a pessoa que ama, desesperada da sua atenção mas você não larga o telemóvel certo? Não vamos ser hipócritas, hoje em dia todas as pessoas falam com montes de pessoas e pode muito bem acontecer uma situação assim se não forem estabelecidas prioridades. Gostavam de ser mantidos em segundo plano pelo vosso namorado ou namorada?

Menos interação pessoal

Hoje em dia qualquer pessoa tem um acesso bastante facilitado com o mundo, seja através de email, skype, webcam, facebook ou até twitter, mesmo assim esta comunicação continua a ser limitada no que concerne à comunicação real, cara a cara, entre as pessoas. Este é um grande problema das tecnologias, aumentarem o mundo virtual e diminuírem as interações pessoais. O que é uma relação sem as várias interações reais? Ou vão dizer-me que preferem algum tipo de relação virtual? Pensem nisso… Infelizmente ainda há pessoas que preferem dar uma cara que não são na internet, digamos que tudo é mais fácil quando temos um ecrã a separar-nos da outra pessoa não? Quando é no frente a frente, falta sempre a coragem…

Quando os jogos são mais importantes

Também os jogos dentro do mundo das tecnologias são responsáveis por deitarem abaixo bastantes relações. Há pessoas que chegam ao ponto de evitar desculpas para não sair com os amigos ou namorada(o) para poderem ficar em cada a jogar, seja na consola ou no computador. Quando chegamos a esse estado de vício, podemos dizer que muito facilmente a relação poderá ir abaixo e nunca mais se levantar.

Sempre com a música nos ouvidos

Sim, as pessoas cada vez mais ouvem música. A música é boa, todas as pessoas gostam e quase ninguém conseguiria viver sem ela, mas no que toca a uma relação o excesso desta pode ser prejudicial. Vá não me interpretem mal, não estou a dizer que não devem ouvir música com a pessoa que amam, longe disso. O problema é quando usam a porcaria dos fones nos ouvidos ao invés de ouvirem o que a outra pessoa tem para dizer. Devem ouvir música quando estão sozinhos, aborrecidos ou noutra condição, agora quando estão com a pessoa que amam, por favor! Tentem comunicar!

Concentre-se no momento

Saiba viver cada momento e não dois de cada vez. O que acontece a muitas pessoas quando estão com as pessoas que amam é que estão constantemente a pensar nas pessoas com quem não estão para estar ali. Este comportamento é visível quando vemos um grupo de amigos ou até um casal, todos reunidos na mesma mesa e cada um com o seu telemóvel na mão, esperando que alguém inicie a conversa. Típico não? Numa situação assim embora estejam perto é como que existe um espaço enorme entre vocês e isso não leva a lado nenhum.

Todas estas são situações onde a tecnologia controla o homem e a nível exagerado podem trazer problemas às suas relações, sejam estas de amor ou amizade. Fica o aviso, não se deixe controlar, use com moderação e lembre-se de amar constantemente as pessoas. Por último: lembrem-se de não culpar a tecnologia, mas sim que a usa.

Gostou do artigo?
Gostavamos de ter o seu apoio no Patreon. Saiba mais clicando AQUI.

Deixe um comentário

avatar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.