10 perguntas para fazer antes de casar

O casamento é um dos passos mais importantes na vida de qualquer pessoa e por isso não deve ser tomada esta decisão em vão. Por mais que a paixão seja fulminante e que ambos sintam um grande desejo de tornar eterno o vosso compromisso, é importante que as coisas sigam a sua ordem lógica e que conheça muito bem o seu parceiro antes de seguir para o próximo passo.

Ainda assim é importante referir que o casal pode até ter uma relação de vários anos mas se ainda não foram abordados alguns assuntos pode não estar preparada para o casamento. O com artigo de hoje vamos desvendar 10 perguntas que deve fazer a si mesma e ao seu companheiro ou companheira antes de decidir se ambos devem casar.

10 perguntas para fazer antes do casamento

As questões que vamos colocar não são dirigidas só a si nem à outra pessoa. Vamos colocar as questões para ambos para que possa não só questionar a outra pessoa mas também ponderar sobre a sua resposta. Esta é a melhor forma de saber se a outra pessoa está preparada para o próximo passo na relação, mas também vai fazer com que saiba se você também está na mesma página.

Estaremos preparados para uma vida a dois?

É importante que saiba que no casamento a vida a dois é muito mais intensa e que como um casal passarão a dividir tudo: A casa, os bens, o dia-a-dia e até as rotinas. É aí que grande parte das pessoas falha, talvez porque nem sequer pensaram no assunto. A vida a dois traz muitas novidades mas no fim de contas, quando há amor verdadeiro, só vem com coisas boas.

Pensamos no futuro?

Pensar no futuro é importante para solidificar a relação e para que ambos se possam envolver na relação de forma excitante. Esta ideia pode abranger as coisas mais banais, como alguma mudança de casa, alguma viagem, compromissos a dois ou até algo mais, como ter filhos. Se vocês já fazem planos sobre algo que ainda não aconteceu saiba que isso é muito bom e que signficia que estão preparados para viver a dois e para construir algo em conjunto.

Temos estabilidade económica?

Nos dias que correm é cada vez mais importante ter uma base económica e alguma estabilidade financeira, especialmente quando falamos em casar e em constituir família. Por mais custos que o casamento possa ter, é importante sim pensar no dia-a-dia, nas despesas e nas coisas que a nova vida a dois vai trazer. Terá o seu canto, a sua casa, mas também terá as suas contas e despesas para pagar. Vale a pena investir tempo e trabalho para uma pequena poupança antes do casamento.

Queremos ter filhos?

Este ponto deve ser discutido em qualquer relação séria e a menos que já estejam os dois na mesma página e com as certezas bem faladas, há que discutir saudavelmente sobre a situação. Vários casais vivem indecisos sobre este tema e chega a ser motivo de conflitos devido a divergências nas opiniões. Saiba que o importante é cada um explicar a sua parte e dar a sua opinião. Só desta forma poderão ficar satisfeitos com o rumo das suas vidas e do seu futuro.

Queremos dedicar a vida um ao outro?

No seguimento de alguns pontos já descritos, este vem complementar a ideia de que após o casamento a vida a dois torna-se mais comprometida e a dedicação do casal um ao outro é sem dúvida maior. O facto de patilhar tudo com outra pessoa incomoda-a? Pois saiba que isso pode ser um sinal de que não está preparado para viver com o seu grande amor…

Temos conhecimento sobre nós mesmos?

Para uma relação a dois é preciso haver uma boa base e essa base é construída pelo auto-conhecimento. Para que possa dedicar-se a alguém é preciso que se conheça e que saiba como reagir perante alguns contrangimentos que possam surgir. Conhece-se o suficiente para confiar noutra pessoa? Se sentir que ainda precisa trabalhar o seu auto-conhecimento e amor próprio não deixe para lá, pense em si primeiro para que possa construir uma relação estável e feliz.

Qual o tipo de sentimentos que temos?

Por mais que saiba que está apaixonada, não deve ignorar os outros sentimentos que tem sobre a outra pessoa, sejam eles positivos e negativos. Reflita sobre tudo o que sente e questione também o que a outra pessoa sente por si, só com ele balanço poderá determinar se os sentimentos positivos são suficientes e se os negativos não são relevantes. De notar que sentimentos negativos há sempre. Só devem saber como os dominar e transformar em algo bom.

O que achamos que vai ser daí para a frente?

As expectativas também são importantes e o pensar no que vai ser a relação daqui a uns anos diz muito sobre o que se pretende e quais são as verdadeiras intenções. Perspetivas demasiado negativas ou positivas podem ser más para a relação, por isso nada melhor que pensar neste assunto e perceber se estão ambos com os pés na terra.

Há algo mais que amor e paixão?

Este ponto é sem dúvida um dos mais importante e não deve ser esquecido. Um casamento e uma relação duradoura é mais do que amor e paixão. Amizade, honestidade e companheirismo são os pilares básicos de qualquer relação longa, seja ela de que natureza for. Por isso não só deve questionar a outra pessoa pelos sentimentos que ela tem mas deve questionar-se a si também.

Estão os dois na mesma página?

No fim de contas, saber se estão os dois na mesma página acaba por ter um resumo do que já falámos anteriormente, saber se ambos querem o mesmo, se pensam o mesmo da relação, se gostam o suficiente um do outro e se querem o mesmo futuro a dois.

Estas são algumas questões que deve colocar antes de decidir casar com a pessoa da sua vida. Tem alguma dúvida ou outra questão importante? Deixe nos comentários!

Gostou do artigo?
Gostavamos de ter o seu apoio no Patreon. Saiba mais clicando AQUI.

Deixe um comentário

avatar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.